Notícias

Sistema da Sefaz permite que contribuintes validem abordagens fiscais

Ações do Fisco contam, agora, com o sistema de Ordem de Serviço, possibilitando maior transparência
Texto de Felipe Miranda

Todos os atos fiscais desenvolvidos pela Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) possuem um registro; um protocolo de atuação. Regulamentado pela Portaria SEF 681/2015, o sistema de Ordem de Serviço (OS) é sinônimo de comprometimento e segurança com o contribuinte e uma forma de assegurar que aquela ação está dentro de formatos legais.

 

“Quando um fiscal se apresenta em algum estabelecimento, o contribuinte pode solicitar a Ordem de Serviço. É ela que dá respaldo à vistoria. Funciona como uma autorização para que a empresa seja investigada”, explica o superintendente especial da Receita Estadual, Luiz Dias.

 

É direito do cidadão validar a ação fiscal a qual está sujeito. Para isso, basta acessar o Espaço do Contribuinte no site da Sefaz, clicar em Consulte Aqui e preencher os dados solicitados no espaço. Com o número da OS ou da ficha cadastral do servidor é possível autenticar todo o ato. “O objetivo desse sistema é atribuir mais transparência às ações do Fisco e garantir mais segurança para a população.”

 

Com essa tecnologia ficou mais fácil identificar possíveis agentes inidôneos. “Quando as abordagens eram feitas apenas com a Ordem de Serviço impressa, os contribuintes estavam mais sujeitos às fraudes. Bastava uma montagem no documento. Antes de aplicarmos a possibilidade dessa consulta fiscal online, o cidadão podia, no máximo, fazer uma ligação para validar a fiscalização. Agora está tudo mais seguro”, ressalta o secretário especial.

 

A Ordem de Serviço ainda possui um prazo de validade. O servidor fiscal tem até 60 dias para finalizar a tarefa em questão. Caso não consiga é possível solicitar uma prorrogação. “O fiscal pode não concluir a tarefa por vários fatores. Apenas o seu chefe superior pode estender o tempo de trabalho.”

 

Avanço para Alagoas, o sistema ainda não é tão difundido pelo país. “Apenas alguns estados possuem essa validação online, mas são poucos. Com essa tecnologia a Fazenda reforça a integridade com a qual está comprometida em todas as suas atividades”, conclui.

Artigos relacionados
Notícias

Cartilha dá dicas para turistas em viagens de carro

Os ministérios da Justiça e do Turismo lançaram uma cartilha que pretende ajudar os turistas, enquanto consumidores, que fazem uso…
Notícias

Seminário discute Corredor Bioceânico para integração da América do Sul

Um encontro iniciado, ontem, em Campo Grande (MS), com representantes do Paraguai, Argentina, Chile e Brasil discutirá a “Integração dos…
Notícias

Recife: Secretaria de Turismo inova com exibição de miniwebsérie e inclusão

Uma forma divertida de encantar os moradores do Recife e atrair a atenção dos turistas foi o mote que impulsionou…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :