Notícias

Programa Primeira Infância de Alagoas será expandido para cinco municípios

Alagoas tem 386 mil crianças na primeira infância (de 0 a 6 anos) e quase 60% delas vivem em situação de pobreza ou extrema pobreza
Texto de Kelly Cordeiro

Um encontro nesta terça-feira (11), no Palácio República dos Palmares, reuniu o governador Renan Filho, a primeira-dama Renata Calheiros e os prefeitos dos cinco municípios que se unem a Murici na execução da nova fase do projeto-piloto do Programa Primeira Infância.

 

Os secretários de Estado da Saúde, Christian Teixeira; da Educação, Luciano Barbosa; e da Assistência Social, Fernando Pereira, também participaram do encontro, apresentando as ações que serão desenvolvidas nessas áreas, com foco em gestantes e nas crianças de 0 a 6 anos.

 

 

A Secretaria de Saúde fixou cinco áreas de atuação no âmbito da primeira infância: atenção ao pré-natal, criação de um software de monitoramento de gestantes e crianças, aumento de partos humanizados, triagem neonatal e nutrição.

 

A Secretaria de Assistência Social definiu um incremento no programa de distribuição de cestas básicas e nutricionais, orientação dos profissionais de saúde no controle de gestantes e crianças com deficiência e capacitação de supervisores e visitadores dos municípios.

 

Já a Secretaria de Educação se comprometeu em dar apoio para a conclusão de creches e apoio pedagógico na formação de pessoas.

 

 

De acordo com um levantamento feito pelo comitê gestor do programa, Alagoas tem 386 mil crianças na primeira infância (de 0 a 6 anos) e quase 60% delas vivem em situação de pobreza ou extrema pobreza. Além disso, a taxa de mortalidade infantil no Estado é de 14,3%. Por isso, a primeira-dama reforçou a necessidade de uma política pública específica para a reversão desses números.

 

“Algumas ações complementares, como as intervenções nas grotas, a doação de enxovais confeccionados por reeducandos e a construção da Casa do Coraçãozinho e do Hospital da Mulher já demonstram um avanço para a elaboração dessa política. Com esse encontro, queremos fazer uma aproximação entre Estado e municípios e nos colocar à disposição para prestar toda a assessoria técnica necessária para a implantação do programa”, afirmou a Renata Calheiros, coordenadora do Comitê da Primeira Infância.

 

 

O governador Renan Filho encerrou o encontro destacando a importância do empenho dos gestores envolvidos para que Alagoas avance nas ações voltadas à primeira infância. “Temos que definir ações práticas em todas as áreas para que a implantação do programa seja eficaz em Alagoas”, finalizou.

 

O projeto-piloto do Programa Primeira Infância foi lançado em julho de 2016, em Murici, e prevê o cuidado integral para gestantes e crianças de 0 a 6 anos, fase considerada a mais importante do desenvolvimento humano. Agora as ações e metas experimentais direcionadas a esse público se estendem aos municípios de Batalha, Teotônio Vilela, São Luiz do Quitunde, Pilar e Pão de Açúcar.

Artigos relacionados
Notícias

Cartilha dá dicas para turistas em viagens de carro

Os ministérios da Justiça e do Turismo lançaram uma cartilha que pretende ajudar os turistas, enquanto consumidores, que fazem uso…
Notícias

Seminário discute Corredor Bioceânico para integração da América do Sul

Um encontro iniciado, ontem, em Campo Grande (MS), com representantes do Paraguai, Argentina, Chile e Brasil discutirá a “Integração dos…
Notícias

Recife: Secretaria de Turismo inova com exibição de miniwebsérie e inclusão

Uma forma divertida de encantar os moradores do Recife e atrair a atenção dos turistas foi o mote que impulsionou…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :