Notícias

Serra da Barriga é cenário de celebrações da Consciência Negra nesta segunda (20)

Serra da Barriga, maior espaço de resistência de escravos durante o período colonial, foi tombada há 30 anos pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan)
Texto de Sirley Veloso e Tácila Clímaco

Declarada Patrimônio Cultural do Mercosul, em uma cerimônia realizada no último sábado (11), a Serra da Barriga será o cenário de uma vasta programação em celebração à Consciência Negra, nesta segunda-feira, dia 20.

 
A comemoração terá início na madrugada, às 4h, com uma homenagem dos líderes das religiões de matriz africana, aos seus ancestrais. Na programação consta também, uma homenagem a Zumbi dos Palmares, assinatura da ordem de serviço pelo governador Renan Filho para a construção da via que dá acesso à Serra, e diversas apresentações culturais que seguem até o final do dia.
 

Símbolo de liberdade e de preservação da cultura afro-brasileira, a Serra da Barriga, região que abrigou o Quilombo dos Palmares, maior espaço de resistência de escravos durante o período colonial, foi tombada há 30 anos pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

 

“A Serra tem hoje o Parque Memorial como equipamento de acolhimento, mas ela por si só é o grande monumento. Subir a Serra, pisar aquele solo, tirar o calçado, fazer toda referência aos quilombolas que defenderam a sua terra, e fazer com que a história do grande líder Zumbi dos Palmares, herói nacional, continue viva é muito importante para as futuras gerações”, declarou o presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Conepir), Helcias Pereira, órgão que a Secretaria de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos tem assento.

 

Para a secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, Claudia Simões, as celebrações têm relevância na reflexão do importante legado deixado pelo povo negro, na formação histórica, cultural e religiosa do povo brasileiro. “Além da gratidão a esse povo forte e guerreiro que luta para reafirmar suas crenças, costumes e valores, temos o dever de buscar juntos a inclusão dos remanescentes dos povos africanos”.

 

Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro e representa a luta dos negros contra a discriminação racial. A data foi escolhida por ter sido o dia da morte do líder negro “Zumbi”, que lutou contra a escravidão no Brasil.
Em celebração a esta data, o Governo de Alagoas, por meio das Secretarias da Mulher e dos Direitos Humanos, da Cultura e a de Desenvolvimento Econômico e Turismo, em parceira com a Fundação Cultural Palmares e o Ministério da Cultura, irá promover uma vasta programação na Serra da Barriga, na cidade de União dos Palmares.

Artigos relacionados
Notícias

Piranhas, destino turístico em Alagoas, recebe investimentos em energia elétrica

Piranhas é um dos principais destinos turísticos de Alagoas,  município localizado a 300 quilômetros de Maceió, no alto Sertão, na…
Notícias

Linha de crédito para o turismo registra mais de 4 mil contratos assinados, preservando cerca de 39 mil empregos

OFundo Geral do Turismo (Fungetur), que viabiliza linhas de crédito específicas para o setor, foi acessado por mais de quatro…
Notícias

Embratur discute incentivo para os municípios

A Confederação Nacional de Municípios (CNM), representada pela área técnica de turismo, participou de uma reunião, na última quinta-feira, 09…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :