Notícias

Festival Alagoas Feita à Mão comercializa e expõe peças artesanais em cinco dias de evento

Texto de Debora Vieira

O artesanato alagoano conquista mais espaço e quebra paradigmas a cada dia. É por acreditar em sua criatividade e representatividade, que o Governo de Alagoas promove, de 19 a 25 deste mês, o Festival Alagoas Feita à Mão, no Parque Shopping, das 10h às 22h. O evento surge em celebração ao Dia Do Artesão, comemorado na próxima segunda-feira (19).

 

A iniciativa que ganhou outro nome, antes conhecida como Semana do Artesão, chega à sua terceira edição em novo formato para estimular a atividade no Estado e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico desses profissionais. É o que explica o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

 

“A melhor homenagem que podemos prestar aos artesãos alagoanos é gerar visibilidade e comércio para as suas obras, por isso neste ano o Festival Alagoas Feita à Mão traz para o protagonismo do evento as peças produzidas por nomes de talento, como o Mestre André da Marinheira, e por associações e grupos. Todos juntos vão expor e comercializar suas peças. Muitas vezes a distância desses ateliês, localizados no interior do Estado, dificulta o acesso às obras, durante esta semana turistas e alagoanos vão poder conhecer mais sobre o artesanato e arte popular alagoana, além de adquirir os produtos”, enfatiza o secretário.

 

Durante toda a semana, aproximadamente quarenta artesãos irão expor e comercializar suas produções no shopping de Cruz das Almas. Os transeuntes poderão conferir as mais diferentes tipologias do artesanato alagoano como fios e tecidos, barro, madeira e fibras vegetais.

 

Na mostra, será possível encontrar peças dos Mestres artesãos Patrimônios Vivos do Estado: André da Marinheira, Arlindo Monteiro e Vânia Oliveira. Além deles, participam do evento alguns grupos, como Associação de Artesãs do Pontal de Coruripe, Associação do Pontal da Barra, Amor Caseado, Crochê, Fulô A, Fibra Chã, Coité Iluminado e Mimos de Dona Peró. Além de artesãos como Demode, Solange Arruda, Karine Quintiliano, Mari Assis, La Gaveta, Eneide, Nena, Maria Severino, José Firmo e Tati Barros, entre outros.

 

Da terra

A marca Alagoas feita à mão foi criada pelo Governo do Estado, por meio da Sedetur, para dar visibilidade à arte popular e ao artesanato produzidos no território. Além disso, o Estado lidera o ranking nacional de artesãos cadastrados no Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) com aproximadamente 14 mil profissionais, como os mestres artesãos João das Alagoas, Aberaldo, Dona Irinéia e André da Marinheira, todos com trabalhos expostos dentro e fora do País.

 

Artigos relacionados
Notícias

Abertas as inscrições do curso em autismo e inclusão para profissionais de turismo

O Ministério do Turismo abriu inscrições para a 2ª edição do curso gratuito “Autismo, Acessibilidade e Inclusão”, realizado em parceria…
Notícias

Destinos de natureza brasileiros têm recorde de visitação em 2021

Após um ano de retomada gradual das atividades turísticas, alguns destinos de natureza do país registraram recorde de visitação em…
Notícias

Pesquisa mostra que população é favorável ao "passaporte de vacinação.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e divulgada nesta segunda-feira (17) aponta que 81% dos entrevistados são a favor da…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :