Notícias

Produtos alagoanos serão expostos em feira internacional

Texto de Débora Vieira

Alimentos produzidos em território alagoano serão expostos de 2 a 4 de maio, no Salão Internacional de Alimentação e Bebidas (SIAL), que acontece em Montreal, no Canadá. O evento é uma das principais entradas para os mercados norte-americano e internacional.

 

Entre as empresas locais participantes da feira, destacam-se as indústrias alimentícias: Popular Alimentos, focada na produção de doces como paçoca e goiabada, e a Copra, especializada no processamento de coco seco e que tem o óleo de coco como carro-chefe. Ambas são incentivadas pelo Programa de Desenvolvimento Integrado (Prodesin), que oferece a redução de 92% no pagamento do ICMS na saída dos produtos industrializados, dependendo da quantidade de empregos gerados.

 

Alimentos tipo exportação / (Fotos: Kaio Fragoso)

 

Entre os produtos selecionados estão o doce de leite, goiabada, bananada, paçoca, óleo de coco, leite de coco, além do açaí. Para o sócio da SBB Trading, Murilo Cesar Schlemper, a participação em eventos de exportação é uma grande oportunidade de negócios.

 

“Temos, em Alagoas, uma capacidade produtiva muito grande, tanto em qualidade como diversidade. E, é necessária a diversificação das exportações; temos muita coisa boa que a gente pode exportar”, avalia Murilo.

 

Já para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a participação em eventos internacionais é uma grande oportunidade para prospecção de novos mercados e estímulo à cultura exportadora em Alagoas.

 

Alimentos tipo exportação / (Fotos: Kaio Fragoso)

 

“Em 2017, a exportação no nosso Estado cresceu 58,01% em comparação com o ano anterior. Isso é fruto de um trabalho em conjunto entre as empresas e o Governo de Alagoas. Os incentivos fiscais e locacionais têm aumentado a competitividade das indústrias e, consequentemente, aberto novos mercados, estimulando, assim, a cultura exportadora no Estado. A presença de produtos alagoanos em feiras internacionais é uma chance para apresentar a possíveis compradores de diferentes países a qualidade e originalidade dos nossos produtos”, enfatiza Brito.

 

Outras oportunidades

 

Em reunião, nesta segunda-feira (23), a Superintendência de Indústria e Comércio (Sics) e a Superintendência de Desenvolvimento Regional e Setorial (Suder) da Sedetur debaterem os possíveis itens produzidos pelos Arranjos Produtivos Locais (APLs) a participarem da Summer Fancy Food, marcada para julho, em Nova York, nos Estados Unidos.

 

Entre eles estão a tapioca, o arroz vermelho, a pimenta-rosa, o mel e suco concentrado de laranja-lima. Os produtores estudam também a presença em evento de exportação em Paris, na França.

 

A participação de empresas alagoanas em feiras internacionais integram o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE) do Governo Federal, que, em Alagoas, é formado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), Sebrae, Senac, Banco do Nordeste, Banco do Brasil e Correios.

Artigos relacionados
Notícias

Agendamento online para passaportes está indisponível temporariamente

A Polícia Federal (PF) informou, ontem, 18, em Brasília, que está temporariamente indisponível o serviço de agendamento de emissão de…
Notícias

EasyJet para com os voos com destino a Israel até outubro

A easyJet suspendeu os voos para Telavive (Israel) durante os próximos seis meses na sequência do recente ataque com mísseis…
Notícias

Hoteleiros questionam aumento da taxa turística em Lisboa

Em nota de imprensa, a AHP afirma que reuniu a 4 de abril com o presidente da Câmara Municipal de…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :