Notícias

Servidores federais terão direito a banco de horas para compensar extras

Servidores públicos federais terão direito a banco de horas para compensar extensão de jornada. Atualmente, não há nenhuma compensação quando é necessário esticar o horário de trabalho.

A previsão está em uma instrução normativa elaborada pelo Ministério do Planejamento e que deve ser publicada ainda esta semana no “Diário Oficial da União”.

A mudança não prevê pagamento pelas horas extras. Com isso, explicou uma fonte do Ministério do Planejamento, a novidade não vai gerar nenhum custo extra para a União.

Segundo uma fonte da pasta, atualmente, alguns chefes podem se sentir constrangidos ao pedir que um funcionário fique até mais tarde para terminar um trabalho, já que não há compensação pelas horas trabalhadas a mais.

Sobreaviso

A adesão ao novo sistema deve ser feita pelo órgão e é opcional. Para a implementação do banco de horas, o Planejamento vai ofertar o Sistema de Controle Eletrônico Diário de Frequência (SISREF).

Outra mudança da instrução normativa vai permitir que o servidor acumule no banco de horas o que trabalhar durante o período de sobreaviso.

Artigos relacionados
Notícias

Comissão analisará contribuições da sociedade para aprimorar transporte aéreo de pets

Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e o Ministério de Portos e Aeroportos (MPor) lançaram uma comissão multidisciplinar para avaliar as demandas…
Notícias

Turismo na Bahia cresceu 7,3% no primeiro trimestre

O volume das atividades turísticas na Bahia cresceu 7,3%, no primeiro trimestre de 2024, em relação ao mesmo período de…
Notícias

Número de voos em Canoas é ampliado de 49 para 87 frequências semanais

Com vistas a aumentar a conectividade aérea no Rio Grande do Sul após o fechamento do Aeroporto Salgado Filho, em…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :