Notícias

Previsto no PAC, VLT da Fernandes Lima passa por avaliação da Caixa

O Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) ligando a Praça do Centenário, no Farol, ao aeroporto Zumbi dos Palmares, entre Rio Largo e Maceió, não tem data para se tornar realidade. Isso porque ainda depende de análise e de recursos federais para sair do papel, segundo a Secretaria de Desenvolvimento e Transporte de Alagoas (Setrand).

Após solicitação de detalhes sobre o projeto e como seria viabilizado, a Setrand enviou à redação a seguinte nota: “O projeto se encontra em análise pela Caixa Econômica Federal. Depois deste processo concluído, havendo recurso federal para prosseguimento das etapas, será aberto um processo licitatório para a execução da obra”.

Se sair do papel, o projeto anunciado pelo Governo de Alagoas algum tempo atrás não estaria relacionado à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), que, atualmente, transporta passageiros de Jaraguá à Estação Central, no centro da capital, e de lá até Lourenço de Alburquerque, no município de Rio Largo.

“Trata-se de projeto sem conexão com a CBTU”, esclareceu a assessoria de imprensa do órgão federal. Portanto, o projeto precisaria ter sido elaborado pelos engenheiros da CBTU para estar vinculado ao Governo Federal. No site do Ministério do Planejamento, há informação superficial sobre o projeto.

De acordo com a página do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC), o investimento previsto para o projeto do VLT ligando Maceió ao Aeroporto é de R$ R$ 39.212.279,97.

Artigos relacionados
Notícias

MTur oferece mais de 500 vagas em cursos gratuitos de inglês e espanhol para profissionais e estudantes do turismo

ondutores e guias de Turismo, estudantes de Turismo e profissionais que atuam na cadeia produtiva do Turismo já podem se…
Notícias

Brasil e Arábia Saudita fecham novas parcerias no turismo

O Brasil e a Arábia Saudita estão estreitando as parcerias no campo do Turismo. Durante a 2ª Conferência Internacional sobre…
Notícias

Rio Grande do Norte e Alagoas se destacam como destino internacional, segundo empresa espanhola.

Mesmo não sendo Hub de companhias aéreas internacional os dois estados ficaram na frente da Bahia, Fortaleza e Pernambuco. A…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :