Capital

Missão portuguesa: Alagoas é um produto que precisar ser divulgado na Europa

nuno missao 1

O Brasil precisa aumentar o fluxo de turistas europeus para compensar a balança comercial do turismo, está foi a recomendação realizada pela missão portuguesa durante sua estadia em Alagoas, no circuito de workshop realizado semana passada. Segundo o diretor executivo do Polo de Tecnologia de Óbidos, Miguel Silvestre, o Brasil até 7 anos atrás tinha uma divulgação boa dos destinos turísticos, seja em ação institucionais através de anunciou de mídia e até espontâneas através das telenovelas.

Entretanto de quatro anos para cá as únicas notícias que chegam à Europa são péssimas, principalmente da violência no Rio de Janeiro. Segundo Miguel Silvestre é preciso reagir com uma campanha de marketing positivo, mostrando que o Brasil não só o Rio de Janeiro e o país possui estados como o Alagoas com um dos índices mais baixos de violência e que o turismo é uma prioridade do Governo Estadual.

Comitiva esteve na Barra de São Miguel a convite da secretária municipal de turismo Claudia Pessoa e da presidente da Associação de Empreendedores de Turismo, Bethe Lopes Aembar

O empresário Nuno Mendonça, diretor da empresa de consultoria Núcleo Inicial, e que nunca veio ao Brasil, disse que ficou surpreso com a beleza e potencial existente no país. O executivo vive no eixo de negócios entre Europa, Canadá e Estados Unidos e é responsável pela viabilização e desenvolvimento de empreendimento de várias áreas de negócios.

Segundo ele Alagoas, que o único estado que visitou até agora, possui todos os requisitos necessários para o desenvolvimento do turismo internacional. “O que se estar a precisar é de divulgação. De um trabalho sistemático e continuo de marketing para mostrar as belezas naturais existentes, opções de roteiros e o trabalho de segurança realizado pelo Governo do Estado. Isto proporcionar tranquilidade para o turista decidir o destino para o qual se vai viajar”, declarou Nuno Mendonça.

O executivo elogiou a iniciativa da empresa alagoana MZT Comunicação e Marketing, em se instalar em Portugal, com o objetivo de iniciar esse trabalho em divulgação do destino Alagoas não só em Portugal, mas em todo continente Europeu. Segundo ele há também uma grande perspectiva de ser trabalhar o mercado turístico canadense, que tem interesse em vir ao Brasil, mas que para isso é preciso investir em divulgação externa.

Artigos relacionados
Capital

Prefeitura de Maceió decide manter réveillon

Em meio aos anúncios de cancelamento do réveillon em capitais do país, a Prefeitura de Maceió divulgou nota informando que…
Capital

Maceió registra mais de 92% de ocupação hoteleira

A hotelaria da capital alagoana registrou mais uma vez saldo positivo na ocupação. Isso porque, de acordo com um levantamento…
CapitalDestaques

Prefeito JHC destaca retomada do turismo durante evento em comemoração ao Dia do Hoteleiro

O prefeito de Maceió, JHC, participou na noite dessa quinta-feira (11) do evento em comemoração ao Dia do Hoteleiro, celebrado…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :