Notícias

Executivo envia projetos da Lei Orçamentária Anual e do Plano Plurianual à ALE

Texto de Minne Santos

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), enviou para a Assembleia Legislativa (ALE) o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2020 e o Projeto de Plano Plurianual (PPA) para o período de 2020 a 2023. Os documentos, que norteiam e dão base para as ações a serem desenvolvidas no Executivo, foram publicados no Diário Oficial (DOE) desta terça-feira (17).

Desenvolvida por meio da Superintendência de Orçamento Público (SOP) da Seplag, a LOA tem o intuito de orçar o montante que será destinado às secretarias e órgãos do Executivo, bem como de fixar a despesa para os mesmos durante o ano de 2020. De acordo com o documento, a receita estimada para o ano que vem é de R$ 10.083.977.327,00.

“A peça orçamentária compreende tanto o orçamento fiscal, que diz respeito aos montantes referentes aos Poderes do Estado e de órgãos e entidades da Administração Direta e Indireta, como o orçamento de Seguridade Social e, ainda, o relativo aos investimentos do Estado. É um planejamento que serve de norte para as receitas e despesas da máquina pública e que tem papel fundamental para as transformações sociais em Alagoas”, pontua o superintendente de Orçamento Público da Seplag, Gustav Ives.

Além do Orçamento para 2020, o Diário trouxe também o documento que estabelece os objetivos, diretrizes e metas para os próximos quatro anos de exercício da máquina pública alagoana. O Plano Plurianual, neste ano, está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), que traçam um plano de ação para áreas consideradas cruciais à humanidade e ao planeta.

“Essa integração com os ODS da ONU é muito importante e contou com uma capacitação de todos os servidores envolvidos na implementação de políticas públicas do Estado. O intuito é fazer com que o PPA seja ainda mais assertivo e que as nossas metas estejam cada vez mais ligadas às agendas globais de desenvolvimento”, explica o superintendente de Planejamento e Políticas Públicas da Seplag, Israel Lins.

Outra novidade do Plano é que, a partir de agora, ficará mais fácil acompanhar as ações do Estado que têm como foco as crianças e adolescentes. Tendo como base o Orçamento Criança Adolescente, disposto na LOA, o documento traz, também, uma identificação das ações do Governo que se destinam a esse público em específico.

“Em conjunto com o OCA, essa é uma ferramenta que empodera no que diz respeito ao acompanhamento e fiscalização das iniciativas voltadas às crianças e adolescentes. Com ela, a sociedade fica ainda mais munida de informações que se voltam para a promoção e defesa dos direitos desse público e do cenário que o circunda”, afirma Israel.

Pela primeira vez, o Estado também passou a inserir no PPA alguns indicadores socioeconômicos que devem facilitar a avaliação do impacto das ações do governo. A medida, de acordo com o secretário titular do Planejamento e Gestão, Fabrício Marques Santos, reforça a atenção do Estado em adotar estratégias que favoreçam transformações cada vez mais impactantes na sociedade.

“Trabalhamos de forma a desenvolver um planejamento, seja do viés orçamentário, seja do de implementação de políticas públicas, comprometido com as demandas prioritárias da população, realista, respeitando os limites dos cofres públicos, e que preza um desenvolvimento sustentável. A expectativa é que os alagoanos, muito em breve, possam ter acesso a todas as ações previstas e proporcionadas pelos dois projetos”, afirma o secretário titular do Planejamento e Gestão, Fabrício Marques Santos.

Para consultar o PLOA e o PPA, basta acessar http://doeal.com.br/.

Artigos relacionados
Notícias

Agendamento online para passaportes está indisponível temporariamente

A Polícia Federal (PF) informou, ontem, 18, em Brasília, que está temporariamente indisponível o serviço de agendamento de emissão de…
Notícias

EasyJet para com os voos com destino a Israel até outubro

A easyJet suspendeu os voos para Telavive (Israel) durante os próximos seis meses na sequência do recente ataque com mísseis…
Notícias

Hoteleiros questionam aumento da taxa turística em Lisboa

Em nota de imprensa, a AHP afirma que reuniu a 4 de abril com o presidente da Câmara Municipal de…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :