ALAGOAS

Veja a programação de prévias carnavalesca em Maceió no final de semana

A política de editais da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), uma constante desde o início da gestão do diretor-presidente Vinícius Palmeira, em 2013, mais uma vez garantiu a realização das prévias carnavalescas em Maceió. Desta vez, o edital ajudará a colocar 55 blocos na rua durante as prévias e também no Carnaval.

Este fim de semana terá intensa programação, na sexta (14), com o Jaraguá Folia, e no sábado e domingo (14 e 15) na orla de Pajuçara e Ponta Verde.

O Jaraguá Folia é um dos mais tradicionais episódios do calendário cultural da capital alagoana, e reúne, todos os anos, milhares de pessoas que se dividem entre os mais de 100 blocos de rua e as atividades culturais espontâneas que tomam as ruas do bairro histórico de Maceió. Um dos blocos mais concorridos da festança, o “No Escurinho É Mais Gostoso”, que reúne realizadores do audiovisual alagoano e apreciadores da sétima arte, é um dos contemplados do edital da Fundação.

O trajeto, nesta edição, voltará a seguir o curso tradicional: com concentração na Praça Sinimbu e saída em direção à Avenida da Paz, à beira-mar, seguindo para a Rua Sá e Albuquerque, uma das mais famosas do centro histórico, e término na Praça Dois Leões. O público esperado é de 50 mil pessoas e o horário marcado para o início da folia é às 20h. O tradicionalíssimo “Filhinhos da Mamãe”, que desde o ano passado faz seu cortejo uma semana antes do Jaraguá Folia, ocupará nesta sexta o Museu Theo Brandão, sua casa ao longo de todas as suas décadas de existência, com um baile regado a muito frevo e alegria, também às 20h.

Tão tradicional quanto a noite da sexta-feira no Jaraguá é a manhã de sábado (15), entre as orlas de Pajuçara e Ponta Verde, quando milhares de foliões se reúnem para seguir o Pinto da Madrugada, Patrimônio Imaterial da Cultural de Alagoas e um dos maiores blocos de pré-carnaval do país. A previsão é de que mais de 200 mil foliões marquem presença às 10h. Este ano, algumas novidades vão animar ainda mais a programação, como a ala Rasgando Couro Rock Maracatu, com a cantora alagoana Fernanda Guimarães e a cantora, compositora, multi-instrumentista e atriz, Lucy Alves –  que promete animar os foliões com muito rock – forró – maracatu em um carro com mais de 45 músicos.

MACEIÓ CARANVAL 33

Prévias carnavalescas deve reunir milhares de pessoas na orla da capital. Foto: Ascom Pinto da Madrugada

Serão 15 orquestras de frevo, vários carros alegóricos, o mascote Pintinho e diversos grupos de passistas e blocos para todos os públicos, a exemplo do Bloco Nem Vem, que entra na avenida pelo segundo ano dentro da programação. No mesmo dia, mais um bloco tradicional da capital que vai para a avenida é o Pecinhas de Maceió, completando 35 anos de existência. O desfile contará com a animação das bandas Rafa & Pipo Marques e Wallas Arrais, que também devem arrastar milhares de foliões na orla de Ponta Verde e Pajuçara. Outros blocos que também desfilam no mesmo dia são o Turma da Rolinha, o Bloco do Rei e o Amiguinhos do Karlotas.

Às 8h, acontece na Praça Gogó da Ema o Carnaval da Inclusão, com a banda infantil Cazuadinha e muito frevo, numa parceria com a APAE. No domingo (16), a folia volta à orla de Pajuçara/Ponta Verde, no ritmo do frevo do tradicional Vulcão, ao lado da Turma da Esquina, do Seu Porteiro & Dona Zeladora e dezenas de outros blocos de rua.

Mateus Magalhães / Ascom FMAC

Artigos relacionados
ALAGOAS

Governo de Alagoas lança Prêmio Clemilda - A Rainha do Forró

Com o objetivo de reconhecer e premiar grupos alagoanos que busquem manter vivas as tradições juninas, o Governo de Alagoas, através…
ALAGOAS

Sedetur potencializa estratégias para desenvolver o turismo na região de Lagoas, Mares e Rios do Sul

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e do Turismo (Sedetur) deu prosseguimento, nesta terça-feira (24), às tratativas da retomada…
ALAGOAS

Alagoas lança o maior plano de retomada da economia pós-covid

“Estamos aqui hoje para anunciar o maior aporte de investimentos pós-pandemia, na ordem de R$ 450 milhões, pois entendemos que…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :