AgresteNotícias

Prefeitura de Arapiraca é notificada pelo IMA

O município de Arapiraca foi notificado pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) por permitir “o lançamento de resíduos sólidos a céu aberto e no mesmo momento foi lavrado uma Intimação, para realizar a limpeza dos locais”, identificados pelo órgão. Foram quatro autos de infração relativos aos bairros do Jardim Planalto, Primavera, Novo Horizonte e Itapuã.
“Chegando no local, foi visto que a intimação não tinha sido atendida. Com isso, foi encaminhado o superintendente da fiscalização para a delegacia e foi feito um boletim de ocorrência para ser aberto o inquérito policial”, diz o relato dos fiscais. Segundo uma fonte do IMA, o órgão já vinha recebendo muitas denuncias da grande quantidade de resíduos jogados em vários pontos da cidade.

O prefeito Rogerio Teófilo disse que o problema é causado pelos próprios moradores dos citados bairros, porque muito jogam em terrenos baldios,  restos de construção civil. O prefeito disse ainda que as empresas, que realizam a coleta domiciliar, fazem o trabalho com eficiência.

“Temos realizado a limpeza semanal dessas áreas, mas a cidade de Arapiraca cresce numa progressão geométrica e as pessoas não levam o material, oriundo de construção civil, para a Central de Tratamento de Resíduos, em Craíbas, porque é longe e terminam jogando no primeiro lugar,  que encontram disponível”, declarou ele. “Temos quatro ecopontos também, instalados na cidade para colocar esse material e mesmo assim não são usados”, enfatiza o prefeito.

“Vamos notificar todos donos de terrenos urbanos que não estão murados e notificá-los para que busquem limpar as aéreas e impedir que sejam usados para deposito de lixo”, disse o prefeito, acrescentando que os proprietários não estão isentos também de serem multados, assim como a prefeitura de Arapiraca foi pelo IMA.

O prefeito declarou também que estranhava a ação do IMA em Arapiraca e recomendou que o órgão também notifique a prefeitura de Maceió, pelo lixo que é jogado no Dique Estrada, na área da orla lagunar. “Esse tipo de problema não ocorre somente em Arapiraca. Em Maceió é muito pior”, finalizou Rogerio Teófilo.

Artigos relacionados
Notícias

Cartilha dá dicas para turistas em viagens de carro

Os ministérios da Justiça e do Turismo lançaram uma cartilha que pretende ajudar os turistas, enquanto consumidores, que fazem uso…
Notícias

Seminário discute Corredor Bioceânico para integração da América do Sul

Um encontro iniciado, ontem, em Campo Grande (MS), com representantes do Paraguai, Argentina, Chile e Brasil discutirá a “Integração dos…
Notícias

Recife: Secretaria de Turismo inova com exibição de miniwebsérie e inclusão

Uma forma divertida de encantar os moradores do Recife e atrair a atenção dos turistas foi o mote que impulsionou…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :