GeralNotícias

FPM tem aumento de 10,89%

 

A segunda parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de marços foi depositada hoje a zero hora nas contas das prefeituras com aumento de 10.89% em relação a mesma do ano passado. No total o FPM já representa neste início de ano um aumento de 2,73% em relação ao mesmo período de 2019. O total depositado é de R$ 521 milhões, entre as 5.568 prefeituras, considerando o porcentual destinado a educação. Sem a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), no segundo decêndio, o Fundo totalizará R$ 651 milhões.  Ao aplicar a inflação do período, sobre os montantes, o saldo positivo do decêndio reduz de 10,89% para 7,42. Desse total, 2.454 localidades de coeficientes 0,6 ficarão com quase R$ 129 milhões enquanto 166

Conforme mostra o levantamento da CNM, além da retenção constitucional do Fundeb, os Entes municipais devem aplicar 15% em saúde e 1% deve ser destinado ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). A instabilidade do Fundo é uma constante preocupação dos gestores, e a tensão aumenta com o provável crescimento dos casos de coronavírus – Covid 19 no país.

 

Reforma tributária

 

O levantamento indica ainda fraco crescimento da economia. Contudo, projetos em tramitação no Congresso Nacional podem amenizar a pressão orçamentária municipal como, por exemplo, a regulamentação do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), reforma tributária, novo critério de reajuste do piso nacional do magistério. A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a redistribuição dos royalties de petróleo também se enquadra.

 

 

Cânions

 

Estão suspensos todos os passeios turísticos na região que integra a APA do Monumento de Conservação do São Francisco. A duração, a princípio é de cinco dias, a partir de terça-feira. Os passeios de barco, com turistas está proibida, mas a navegação por ser feita sem problemas. As trilhas também estão proibidas.

 

Maragogi

 

Os empresários do setor de turismo de Maragogi concordam com a necessidade de uma parada total nas atividades das piscinas, para garantir a interrupção da cadeia de contaminação do coronavírus. Uma paralisação pode ajudar a quebrar essa cadeia e a situação voltar ao normal.

 

 

Municípios

 

Se faz necessário a suspensão imediata de todas às unidades de ensino e treinamento ou formação profissional.  Os municípios já deveriam ter tomando essa iniciativa e ter decretado   essa suspensão de forma coletiva, assim como a fiscalização para evitar aglomerações e vias públicas.

 

Cultos religiosos

 

As celebrações religiosas vão ser tornar um problema grave de saúde pública, se os próprios líderes e responsáveis não se conscientizem da necessidade de suspender, por pelos menos 15 dias, essas atividades. A aglomeração de pessoas é tudo que o coronavírus precisa para contaminar e matar as pessoas.

 

Supermercados

 

A correria aos supermercados vem sendo notada nos últimos dias. Começa a falta produtos, principalmente hortifrutigranjeiros. Outra observação é quanto a proteção dos funcionários dos supermercados que estão sem equipamento como máscaras e luvas e álcool em gel para limpeza das mãos.

 

Política

 

Os pré-candidatos a prefeito e vereador deram uma parada nas suas andanças nos municípios. Entretanto todos estão trabalhando nos bastidores, usando as redes sociais para falar com seus eleitores. Entretanto aquele abraço apertado e as tradicionais tapinhas nas costas fazem muita falta.

 

Arapiraca

 

A situação da maioria dos vereadores de Arapiraca para se reelegerem é muito difícil. Para os observadores políticos dos senadinhos do município 50% dos vereadores não conseguirão se reeleger. O povo que mudanças e sente que a atual Câmara não representa a população de Arapiraca.

 

 

Arapiraca 2

 

As tempestades que caído sobre a capital alagoana do Agreste tem castigado as ruas com inundações. O volume de água que caiu em Arapiraca esta semana equivale a todo mês de fevereiro. As inundações são consequência também do lixo que a população joga nas ruas. Plantam agora têm que colher.

 

Arapiraca 3

 

Os servidores da Câmara de Arapiraca devem realizar hoje uma assembleia geral para decidir se paralisam suas atividades. Os trabalhadores querem 10% de aumento, mas o presidente Jairo Barros diz que o dinheiro está curto.

 

 

 

 

Artigos relacionados
Notícias

MTur oferece oito mil vagas em cursos profissionalizantes

Está aberto edital do Ministério do Turismo, em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-riograndense (IFSul),…
Notícias

Autoridade de aviação civil de Singapura e ANAC assinam memorando sobre segurança operacional

Foi assinado o Memorando de Entendimentos (MoU, na sigla em inglês) entre a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e…
Notícias

Embratur discute Projeto de Lei que regulamenta programas de milhagens aéreas

O presidente da Embratur, Marcelo Freixo, recebeu a visita do deputado federal Amom Mandel (Cidadania-AM), autor do Projeto de Lei…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :