Notícias

Nova quarenta de exceções

O decreto N° 69.624, que prorroga as medidas preventivas e de enfrentamento ao novo coronavírus em Alagoas, foi publicado na tarde desta segunda-feira (06) no Diário Oficial do Estado. Seguem suspensas as aulas das redes pública e privada e o funcionamento de estabelecimentos comerciais e de espaços que aglomeram pessoas.

As medidas entram em vigor a partir da zero hora desta terça-feira (07) e estabelecem expediente por teletrabalho aos servidores públicos estaduais até dia 20 de abril. Já as atividades educacionais presenciais continuam interrompidas nas escolas, universidades e faculdades das redes de ensino pública e privada de Alagoas até o dia 30 de abril.

Segue suspenso até o dia 20 de abril o funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres; de museus, cinemas e outros equipamentos culturais, públicos e privados; de templos, igrejas e demais instituições religiosas, sendo autorizado apenas o funcionamento interno (administrativo). O mesmo vale para academias, clubes, centros de ginástica e estabelecimentos similares; de lojas ou que pratiquem o comércio ou prestem serviços de natureza privada; de shoppings centers, galerias, centros comerciais e estabelecimentos congêneres.

Supermercados, farmácias e locais que prestem serviços de saúde no interior de shoppings, galerias e centros comerciais seguem liberados. Eventos e exposições continuam proibidos.

Segue suspensa qualquer atividade de comércio nas praias, lagoas, rios e piscinas públicas ou em outros locais de uso coletivo e que permitam a aglomeração de pessoas; operação do serviço de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros, regular e complementar; bem como os serviços de receptivos e operação do serviço de trens urbanos.

Flexibilização

O decreto anterior restabeleceu o pleno funcionamento do setor industrial. Neste novo documento, o Governo do Estado estendeu a medida aos fornecedores e distribuidores deste segmento, que podem voltar às suas atividades.

Lavanderias e oficinas mecânicas também já tinham retomadas suas operações por meio do decreto anterior. A novidade agora é que as lojas de autopeças e estabelecimentos de higienização veicular podem voltar a operar, desde que com hora marcada e sem gerar aglomerações de pessoas.

Ficam mantidos os serviços de entrega em domicílio, inclusive por aplicativo, e através do “Pegue e Leve”, para bares, restaurantes, lanchonetes e congêneres. Lojas e outros estabelecimentos comerciais também poderão funcionar através de serviços de entrega. Fica proibido, apenas, o atendimento presencial de clientes no interior desses estabelecimentos.

Mantém-se o funcionamento de padarias, lojas de conveniência, mercados, supermercados, minimercados, açougues, peixarias e estabelecimentos de alimentos funcionais e suplementos, sendo proibido o consumo no local.

Artigos relacionados
Notícias

ANAC aprova o fim do uso de categorias de registro de aeronaves

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) publicou a Resolução nº 739/2024, de 21 de março, que extingue o conceito…
Notícias

MTur está com vagas abertas para curso de Condutor Náutico

Ministério do Turismo está com vagas abertas para o curso de Condutor de Turismo Náutico, realizado em parceria com a…
Notícias

Catedral de Notre Dame define data de reabertura

Uma Catedral de Notre Dame restaurada, severamente danificada no incêndio de abril de 2019, reabrirá diariamente para visitantes individuais, das…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :