AgresteNotícias

Vendas de própolis vermelha aumentam entre apicultores de Alagoas

SEDETUR LOGO

O território alagoano é ‘palco’ do plantio e cultivo de produtos que fortalecem a imunidade do corpo humano. É o caso dos abacaxis, do mel, do extrato de própolis, da laranja lima e de tantos outros que são trabalhados pelo programa Alagoas Maior, coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), em parceria com o Sebrae Alagoas.

Em tempos de pandemia, investir no consumo desses alimentos faz com que o corpo possa criar mecanismos de defesa que torna mais difícil que o indivíduo seja infectado ou, caso seja, tenha mais condições de combater o vírus, fazendo com que o quadro de melhora e a cura chegue mais rápida.

A nutricionista Joelma Marinho alerta que não existe uma fórmula milagrosa que leve a um grande aumento no quadro de imunidade do paciente quando houver o consumo de um alimento específico. O ideal é que seja mantida uma alimentação equilibrada, que inclua um pouco de cada alimento que deve ser aliado a outras práticas.

“Não existe alimento que tenha o poder de destruir um vírus, por exemplo. O que existe é uma constância no consumo de uma alimentação equilibrada que aumenta a imunidade, que são os chamados antioxidantes, como a laranja, o limão, o abacaxi, as castanhas, o cereal integral e os peixes. Assim como evitar a ingestão de açúcar, frituras e farinhas brancas podem prejudicar o sistema imune e causar algumas reações inflamatórias”, destaca.

A nutricionista aponta, no entanto, que a própolis vermelha é um alimento com alto poder antioxidante e com atuação na cicatrização e ação antiinflamatórias comprovadas cientificamente.  “Usar diariamente algumas gotas com sucos como o de limão é muito válido em momentos como os que estamos passando”, explica.

Um dos pequenos empreendedores que trabalha com este produto – assim como mel e o composto de mel – é Jean Ferreira, do Apiário Zumbi, em União dos Palmares. Ele conta que a procura pelos produtos nas últimas semanas – quando houve o aumento nas precauções em relação ao novo coronavírus – aumentou.

“Foi surpreendente o quanto a procura aumentou, nós não esperávamos isso. Em média, o que vendemos nessas últimas semanas chegou a ser entre 250% e 300% maior que a média de faturamento que temos normalmente”, afirma Jean. A recomendação é que sejam usadas cerca de 10 gotas de própolis na bebida diariamente como forma de fortalecer o sistema imunológico.

O aumento no número de vendas vem no momento importante para os pequenos empreendedores, uma vez que com a possível crise econômica ocasionada pela pandemia tendem a sentir mais diretamente os impactos negativos da recessão.

“Durante todo o ano, trabalhamos no Alagoas Maior uma forma de proporcionar a produtos como esse a abertura de novos mercados. Infelizmente, a procura maior tem acontecido em um momento tão delicado e difícil. Mas é importante frisar o que nós temos produzido no estado e o potencial existente aqui mesmo, no nosso estado”, afirma Giselle Mascarenhas, coordenadora do Alagoas Maior e Superintendente de Desenvolvimento Setorial e Regional da Sedetur.

sedetur propolis
Artigos relacionados
Notícias

Aena promete cumprir exigências da ANAC até a próxima semana para liberar aumentos de voos em Maceió e Recife

A concessionária Aena, responsável pelos aeroportos de Maceió e Recife, enviou a nossa redação nota se posicionando sobre as Portarias…
Notícias

Festival Internacional de Cinema de Turismo vai exibir em Portugal as melhores produções

O Festival Internacional de Cinema de Turismo (ART&TUR) vai acontecer de 26 e 29 de outubro, no Centro de Congressos…
Notícias

Brasil mostra na Expo Dubai que está pronto a receber visitantes internacionais

A Embratur quer afirmar o Brasil como um destino turístico mundial e está a aproveitar a Expo Dubai 2020, que…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :