Notícias

Direito de ir e vir: entenda o que pode e o que está proibido ao sair de casa

Texto de Agência Alagoas

O atual cenário da pandemia em Alagoas provocou a determinação de mais medidas de enfrentamento à Covid-19, entre elas novas restrições à circulação de pessoas previstas no decreto nº 69.772, publicado na última terça-feira (05) pelo Governo do Estado. Além dos profissionais que atuam com serviços essenciais ou estão liberados pelo decreto, o direito de ir e vir de todos os cidadãos continua preservado, desde que utilizando máscaras, sem provocar aglomerações e só quando for realmente necessário.

Para quem tem dúvidas, vale exemplificar atividades comuns no cotidiano: a saída para a prática de exercício físico e para passear com o animal de estimação está permitida, mas a pessoa deve ir sozinha e utilizar máscara de proteção durante todo o percurso fora de casa. Não é permitido sair em grupos e ir a alguns lugares proibidos pelo decreto: praias, calçadão das avenidas beira-mar, beira rio, lagoas e praças.

Também não é permitido ficar parado em ruas e espaços públicos, como praças e alamedas, para não provocar aglomerações. Lembre-se: a restrição inclui atividades de recreação, como banhos de mar, rio ou lagoa.

Nada de churrasquinho, pipoca ou algodão-doce: a mesma proibição vale para o funcionamento de atividades comerciais em “ruas, praias, lagoas, rios e piscinas públicas, praças ou outros locais de uso coletivo e que promovam a aglomeração de pessoas, como bancas e barracas de vendas de alimentos nos logradouros públicos”.

Estacionamento de veículos

O novo decreto também determina a proibição do estacionamento de veículos “nas ruas, faixas beira-mar, beira rio, lagoas e praças”. Ou seja: não pode estacionar o carro, a moto ou utilitário em nenhuma das localidades acima, exceto para as pessoas com residência comprovada no entorno e em caso de acesso a estabelecimentos que não estão com o funcionamento suspenso, como supermercados, postos de combustível e farmácias.

Transporte público

Atenção, empresas e passageiros, pois também há mudanças na utilização dos transportes públicos coletivos. Os ônibus só poderão circular de janelas abertas e com a lotação limitada à quantidade de assentos. Isso significa que os veículos não podem fazer o itinerário com o ar-condicionado ligado e nem com pessoas em pé após a ocupação total das cadeiras.

O uso de máscara por todos os passageiros também se tornou obrigatório. E, não custa ressaltar, deve-se respeitar o distanciamento social mesmo dentro do coletivo. Também está suspenso o uso do Passe Livre de estudantes e a gratuidade dos idosos nos transportes públicos, exceto na utilização do serviço para casos de saúde.

Fiscalização, punição e denúncias

O novo decreto prevê punições para quem descumprir qualquer uma das medidas, como a aplicação de multa diária de até R$ 50 mil e a prisão em flagrante delito de quem for encontrado descumprindo as regras (artigos 11º e 12º do Decreto 69.722), seja um cidadão comum ou o responsável por algum estabelecimento ou serviço.

A fiscalização é feita pelas forças de Segurança Pública – policiais militares, civis, do Ronda no Bairro, da Lei Seca e bombeiros, em conjunto com órgãos municipais e estaduais. A população pode denunciar o descumprimento pelo número 181 – para denunciar pessoas físicas ou eventos programados – ou pelo 190, nesse caso para informar sobre flagrantes de estabelecimentos e empresas que estejam descumprindo as determinações.

Fique em casa

O principal objetivo das medidas é evitar aglomerações – um princípio defendido pela ciência, a quem o Governo recorre e escuta antes de elaborar e decretar medidas. Ficar em casa é uma questão central no combate ao novo coronavírus. A responsabilidade é de todos. Muita atenção a este aspecto, afinal, quanto menos você sair, mais vidas vai salvar.

*As regras citadas nessa matéria estão contidas nos Artigos 1º, 8º, 10º, 11º e 12º do Decreto nº 69.722.

Artigos relacionados
Notícias

Cartilha dá dicas para turistas em viagens de carro

Os ministérios da Justiça e do Turismo lançaram uma cartilha que pretende ajudar os turistas, enquanto consumidores, que fazem uso…
Notícias

Seminário discute Corredor Bioceânico para integração da América do Sul

Um encontro iniciado, ontem, em Campo Grande (MS), com representantes do Paraguai, Argentina, Chile e Brasil discutirá a “Integração dos…
Notícias

Recife: Secretaria de Turismo inova com exibição de miniwebsérie e inclusão

Uma forma divertida de encantar os moradores do Recife e atrair a atenção dos turistas foi o mote que impulsionou…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :