Notícias

Operadoras remarcam chegada dos turistas para o dia 15 de julho

As reservas das operadoras CVC e Azul Viagens, agendada para próxima semana para Maceió, foram remarcadas para iniciarem a partir do dia 15 de julho, adiando assim a retomada das atividades turística na capital.

O objetivo foi garantir que os turistas não fiquem sem acesso aos restaurantes, bares e passeios locais; já que o Governo do Estado não liberou a reabertura desses estabelecimentos no decreto anunciando na terça-feira (30).

Segundo informações dos hoteleiros, o comunicado da CVC foi enviado na noite da própria terça-feira (30), logo depois do anúncio do Governo do Estado, que somente depois de dia 15 poderá haver a liberação de funcionamento de bares e restaurantes para atendimento presencial.

O presidente do Maceió Convention, Glênio Cedrin disse que essa foi uma medida acertada do Governo, que deseja dar mais segurança e preparar o destino Maceió para receber bem os turistas.

Para ele é melhor que as atividades retornem com garantias e de que não mais voltem a fechar devido a precipitação na decisão. O presidente do Maceió Convention elogiou o grupo de trabalho de combate a pandemia, dizendo que os números estão corretíssimos.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH), André Santos lamentou por ainda não ter sido liberado o funcionamento dos estabelecimentos está semana. Segundo ainda ele se houver chegada de turistas no período até o dia 15 será uma situação bastante complicada, porque não haverá estabelecimento abertos. André Santos disse ainda que os hotéis também começaram a receber os comunicados de cancelamento e remarcação das chegadas neste período.

Viagens Corporativas e turismo “Barra a Barra”

Já o presidente de Maceió Convention, Glênio Cedrin que vem acompanhando minuciosamente toda evolução da pandemia as perspectivas são bastante otimistas para Alagoas. Segundo ele, na próxima semana o aeroporto Zumbi dos Palmares terá um aumento da movimentação de viagens corporativas. “Com a flexibilização de algumas atividades no Estado, as empresas estão enviando seus representantes para realizar negócios”, disse ele.

A partir do dia 15 de julho, com a liberação de bares, restaurantes, passeios locais e dos shoppings, as operadoras vão enviar seus passageiros, que a princípios vão circular no trecho “Barra à Barra”, (Barra de São Miguel à Barra de Santo Antônio).  Contudo existe a dúvida, se os estabelecimentos turísticos dos municípios, que fazem parte da região metropolitana de Maceió, estarão abertos ao público. Um problema que deverá ser resolvido entre os prefeitos, empresários e o Governo do Estado.

O presidente do Convention disse que outros destinos turísticos devem se adequar aos padrões estabelecidos pelo grupo de controle da pandemia em Alagoas. Dessa foram poderão se habilitar a retornar às atividades turísticas.

Glênio Cedrin citou Maragogi como um desses municípios que já preenche esses requisitos para a retomada. Entretanto, devido a uma jurisprudência criada, numa ação do Estado contra o Municípios de Teotônio Vilela, delegou ao Poder Executivo Estadual, o poder de liberar ou não as atividades comerciais.

Artigos relacionados
Notícias

Anac monitora possíveis impactos do apagão cibernético ao transporte aéreo no país

Desde que houve o apagão cibernético global nesta sexta-feira, 19 de julho, a Agência Nacional de aviação Civil (Anac) intensificou…
Notícias

Comissão analisará contribuições da sociedade para aprimorar transporte aéreo de pets

Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e o Ministério de Portos e Aeroportos (MPor) lançaram uma comissão multidisciplinar para avaliar as demandas…
Notícias

Turismo na Bahia cresceu 7,3% no primeiro trimestre

O volume das atividades turísticas na Bahia cresceu 7,3%, no primeiro trimestre de 2024, em relação ao mesmo período de…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :