Notícias

TAP garante voos para Alagoas

Em videoconferência realizada nesta quinta-feira (02), o presidente-executivo da TAP Linhas Aéreas, Antonoaldo Neves, confirmou ao governador Renan Filho e ao secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a manutenção do voo Lisboa (PT) – Maceió (AL). Com três frequências semanais, a operação estava prevista para começar em junho deste ano, mas teve que ser suspensa por causa da pandemia do novo coronavírus.

“Nós trabalhamos duro e hoje o presidente da TAP confirmou que o voo está garantido. A única pendência, no momento, é que seja suspensa essa barreira para a entrada de turistas brasileiros na Europa. A gente espera que, com a redução da pandemia, nos próximos meses isso ocorra. Esse voo vai garantir uma retomada mais robusta do turismo, assim que a pandemia do novo coronavírus se dissipar”, disse Renan Filho.

Fruto de negociações do Governo de Alagoas, as novas operações serão semanais, inicialmente previstas para todas as quartas, sextas e domingos, com mais de 600 assentos no total. O secretário Rafael Brito afirmou que, de acordo com o presidente da TAP, o voo Lisboa – Maceió foi o que menos sofreu alterações em decorrência da pandemia.

“Foi o que menos teve alteração de passagem, cancelamentos e mudanças, então essa é uma prova, com dados e informações da própria companhia aérea, de que o voo tem sido muito procurado e que o destino foi muito bem divulgado na Europa, despertando verdadeiramente o interesse do turista europeu”, avaliou Rafael Brito.

Segundo com o secretário, a previsão é de que as operações tenham início até outubro. “Mas tudo depende de como a pandemia do novo coronavírus vai se comportar na Europa e no Brasil”, ponderou Rafael Brito.

Fotos: Thiago Sampaio

Divulgação

A reunião também discutiu a participação de Alagoas numa plataforma criada para a promoção e distribuição do turismo brasileiro na Europa, que envolve companhias aéreas, empresas de transporte terrestre e de tecnologia.

Alagoas e outros dois estados nordestinos foram identificados com potencial econômico e turístico para fazer parte da plataforma. A proposta está sendo avaliada pelo Governo do Estado.

“Para nós é motivo de orgulho estar entre os três estados que eles identificam com maior potencial para ser divulgados no mercado europeu. Isso ocorre pela qualidade da nossa culinária, a receptividade do nosso povo, as nossas belezas naturais e as experiências que nosso turismo gera a quem nos visita. Some-se a isso tudo a redução da violência em Alagoas, os investimentos em esgotamento sanitário e o novo Aeroporto de Maceió, agora sob a administração de um operador internacional”, disse Renan Filho.

O governador aproveitou a videoconferência para falar sobre a construção do Aeroporto de Maragogi. Ele reafirmou que a obra está mantida e que será iniciada ainda neste semestre. O investimento será feito com recursos próprios do Governo do Estado, que fará a concessão do equipamento à iniciativa privada.

“O Aeroporto de Maragogi será uma obra fundamental para estruturar o desenvolvimento do Litoral Norte de Alagoas. Esse e outros tantos investimentos na malha viária e em esgotamento sanitário vão fortalecer, e muito, o turismo naquela região”, destacou Renan Filho.

Artigos relacionados
Notícias

Abertas as inscrições do curso em autismo e inclusão para profissionais de turismo

O Ministério do Turismo abriu inscrições para a 2ª edição do curso gratuito “Autismo, Acessibilidade e Inclusão”, realizado em parceria…
Notícias

Destinos de natureza brasileiros têm recorde de visitação em 2021

Após um ano de retomada gradual das atividades turísticas, alguns destinos de natureza do país registraram recorde de visitação em…
Notícias

Pesquisa mostra que população é favorável ao "passaporte de vacinação.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e divulgada nesta segunda-feira (17) aponta que 81% dos entrevistados são a favor da…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :