Destaques

Turistas chegam no dia 15 e expectativa paira sobre abertura de bares e restaurantes

A grande dúvida para o setor de turismo em Alagoas é quanto a abertura de bares e restaurantes até o dia 15 desse mês, quando começam a chegar os grupos das operadoras de turismo, como a CVC e Azul Viagens, responsáveis pelo maior número de visitantes que chegam através do aeroporto Zumbi dos Palmares.

A expectativa é que Maceió Alagoas receba cerca de 1.200 pessoas por semana, vindas de várias partes do Brasil, mas principalmente do interior de São Paulo. A malha aérea terá um aumento de 35% confirmando a chegada de público.

A Associação Resorts Brasil também anunciou a abertura de dois resorts de Maceió este mês, sendo o primeiro o Jatiúca, no dia 17 e o Pratagy no dia 30, reforçando assim a necessidade de uma definição da flexibilização para faixa amarela.

Operadoras

Segundo a operadora CVC, em maio, o destino Maceió despontava como um dos mais procurados no Nordeste. Entretanto, que até aquela data, não poderia ser vendido porque não havia uma data definida para volta do funcionamento dos estabelecimentos ligados a atividade turísticas.

Os turistas que começam a chegar a partir do dia 15 de julho, são aqueles que remarcaram suas viagens, que estavam previstas para ocorrer entre março e junho desse ano. Neste período vigorava o decreto estadual que proibia o funcionamento dos estabelecimentos comerciais.

As últimas informações dão conta de que o Governo do Estado poderá “promover” o município de Maceió para faixa amarela, liberando o funcionamento dos bares, restaurantes e até os shoppings. O secretário estadual de desenvolvimento e turismo, Rafael Brito, declarou em uma live do Panrotas, que existe um grande indicativo para que a abertura ocorra, mas não garantiu.

Vale lembrar que os turistas que chegam a Maceió, não ficam somente na capital, mas frequentam as Praias do Francês, em Marechal Deodoro e Barra de São Miguel no litoral Sul; assim como outros lugares do Litoral Norte como Maragogi, Paripueira e Barra de Santo Antônio.

Resta saber se um possível decreto estadual contemplará também esses destinos turísticos. Vale lembrar também que atualmente em Alagoas, somente o Governo do Estado tem o poder de flexibilizar o funcionamento dos estabelecimentos comerciais, graça a jurisprudência criada, numa ação judicial de pedido de liminar do Estado contra o município de Teotônio Vilela.

Artigos relacionados
CIA AÉREASDestaques

URGENTE - ANAC proíbe ampliação de voos para o aeroporto de Maceió e Recife

EXCLUSIVO – A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) proibiu a ampliação do número de voos para o Aeroporto de…
ALAGOASDestaques

Exposição fotográfica dos destinos turístico de Alagoas no metrô de São Paulo atrai milhares de pessoas

A exposição fotográfica dos destinos turísticos de Alagoas nas estações do metrô de São Paulo vai para sua terceira semana,…
Destaques

TAP vai recebe mais 1,9 milhões de euros do Governo Português para se capitalizar

O Governo Português reconhece a importância estratégia da TAP para economia e principalmente para exportações e decidiu injetar 1.988 milhões…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :