Notícias

Aviões da TAP continuam em solo e Governo português impõe silêncio sobre futuro da empresa

Frota pode ser vendida

Depois de uma semana do Governo de Portugal tem assumido o comando da TAP, sem ter nacionalizado a empresa, o silêncio pairou sobre os destinos da maior e mais importante companhia aérea portuguesa. Nenhuma informação foi mais dada ao público e principalmente aos clientes e trabalhadores que, vivem a expectativa de demissões.

Outra informação que até o momento não foi dada é quanto a quem será entregue o comando da empresa, já que nenhum nome foi apontado para assumir a presidência. Os passageiros que estão com suas passagens, também cobram uma resposta de quando a companhia volta a voar, pois a TAP é praticamente a única grande companhia aérea da Europa que ainda está em solo.

Os prejuízos se acumulam e é preciso agilidade neste mercado tão competitivo que exige executivos experientes, elemento que o Governo não tem em seus quadros e que segundo uma fonte deverá buscar no setor privado.

Enquanto isso os trabalhadores vivem a expectativa de demissões, que segundo fontes do Governo, deverão ocorrer na próxima semana, mas não se fala em números.  Durante a crise falava-se em torno de 1.200 a serem demitidos.

Fonte: tripseek.news

Artigos relacionados
Notícias

Ministro do turismo está trabalhando um entendimento Anac e Aena para liberar aumento dos novos voos para Recife e Maceió

EXCLUSIVO – O ministro do turismo Gilson Machado, em atendimento a nossa redação, declarou que um entendimento está sendo realizado…
Notícias

Segmentos turísticos apresentam melhores resultados em setembro

O que o aeroporto de Brasília (DF), a cidade de Bonito (MS) e a Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu…
Notícias

EXCLUSIVO: Anac informa que adotou "medidas de mitigação" que garantem o aumento de voos para Maceió e Recife.

Em nota enviada à nossa redação a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), informou que “adotou medidas de mitigação dos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :