Notícias

Sefaz lança o novo balanço do movimento econômico em Alagoas

Texto de Ascom Sefaz

A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) lança o novo balanço do movimento econômico em Alagoas, constatando que as atividades econômicas agrupadas obtiveram um crescimento nominal de 13%. A divulgação apresenta indicadores correspondentes ao mês de junho de 2020 em relação ao mesmo mês de 2019.

Visando a transparência, o órgão analisou as notas fiscais eletrônicas emitidas no período, avaliando os efeitos das medidas de isolamento social na economia do Estado.

O Varejo, por exemplo, teve crescimento de 8%, havendo destaque positivo para as atividades relacionadas à supermercados (27%), hipermercados (42%), frigoríficos e peixarias (32%) e medicamentos (31%). As evidências negativas foram: vestuário (-75%), calçados (-74%) e tecidos (-42%).

Já a atividade de Atacado teve aumento de 13%, com ênfase positiva no comércio atacadista de cimento (87%) e material de construção (57%) e alimentos (32%) e com queda nas atividades de combustíveis (-19%) e atacadista de mercadorias (-12%).

No segmento industrial houve resultado positivo geral de 20%, tendo se destacado positivamente a fabricação de resinas (50%), fabricação de produtos químicos (34%), fabricação de bebidas (23%). Destacaram-se negativamente as atividades de fabricação de açúcar (-55%), fabricação em geral (-18%) e petróleo e gás (-3%).

Artigos relacionados
Notícias

Abertas as inscrições do curso em autismo e inclusão para profissionais de turismo

O Ministério do Turismo abriu inscrições para a 2ª edição do curso gratuito “Autismo, Acessibilidade e Inclusão”, realizado em parceria…
Notícias

Destinos de natureza brasileiros têm recorde de visitação em 2021

Após um ano de retomada gradual das atividades turísticas, alguns destinos de natureza do país registraram recorde de visitação em…
Notícias

Pesquisa mostra que população é favorável ao "passaporte de vacinação.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e divulgada nesta segunda-feira (17) aponta que 81% dos entrevistados são a favor da…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :