Notícias

Prefeitura de Maceió e entidades turísticas debatem retomada

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (10), o secretário municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, Enio Bolivar, conversou com representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-AL), Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Alagoas (Sindhal) e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIHAL) sobre as demandas do setor.

Reunião abordou demandas do setor com a retomada das atividades. Foto: Ascom Semscs

Foram discutidos pontos da retomada da economia como evolução das fases de distanciamento social controlado em decorrência do enfrentamento à pandemia mundial do novo coronavírus. Maceió está na Fase Amarela, quando hotéis, bares, restaurantes e similares podem voltar a funcionar, desde que sigam as determinações do protocolo Experimente Maceió e decretos governamentais a respeito da retomada.

Para o presidente da Abrasel, Thiago Falcão, neste momento de retomada todos precisam colaborar para a recuperação do setor. “Isso passa pelo controle da orla, dos restaurantes, dos ambulantes e como deve se dar a retomada do turismo para o final do ano. A gente sai daqui com propósito de fazer a articulação com outros órgãos e tentar trazer uma normatização para o final do ano. Sabemos que é uma retomada lenta e esse processo de confiança da população também tem seu tempo para acontecer. Porém, estamos otimistas que isso vai ser progressivo e que, com o passar do tempo, a gente vai recuperar a capacidade dos nossos estabelecimentos, que hoje ainda está abaixo da perspectiva que seria 50%, mas a média está em 30%”, diz. A Abrasel tem cerca de 400 associados no Estado de Alagoas.

O presidente do Sindhal, Marcelo Marques, também avaliou positivamente a reunião. “Conseguimos apresentar nossas pautas em benefício da categoria e falamos sobre criar soluções conjuntamente. Falamos também sobre segurança, fiscalização e regulamentação das normas”, afirma. O Sindicato é uma entidade sindical patronal e agrega mais de 140 associados.

O presidente da ABIH-AL, André Santos, frisou o controle da orla, em função de sua importância para o turismo local. A Associação tem cerca de 88 associados. “É importantíssima essa troca de idéias entre o setor privado e o governo. A fiscalização é fundamental e será ainda mais no período pós-pandemia. O secretário nos deu idéias boas e pretendemos juntar com nossas propostas para esta gestão e, também, já pensamos em dar continuidade após as eleições”, reforça.

O titular da Semscs, Enio Bolivar, falou sobre o resultado da reunião. “Conversamos com parte do trade turístico, por meio de suas entidades representativas, para que avancemos neste período em que estão retornando os serviços do segmento na capital, pois existem demandas específicas do setor e queríamos ouvi-los para que possamos avaliar as possibilidades de avançarmos, tanto na fiscalização quanto em outras melhorias. Vamos dar continuidade ao diálogo com eles, que ficaram de trazer alguns outros pontos para dialogarmos”, conclui o gestor.

Ascom Semscs

Artigos relacionados
Notícias

Abertas as inscrições do curso em autismo e inclusão para profissionais de turismo

O Ministério do Turismo abriu inscrições para a 2ª edição do curso gratuito “Autismo, Acessibilidade e Inclusão”, realizado em parceria…
Notícias

Destinos de natureza brasileiros têm recorde de visitação em 2021

Após um ano de retomada gradual das atividades turísticas, alguns destinos de natureza do país registraram recorde de visitação em…
Notícias

Pesquisa mostra que população é favorável ao "passaporte de vacinação.

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha e divulgada nesta segunda-feira (17) aponta que 81% dos entrevistados são a favor da…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :