ALAGOAS

Atuação de agentes de viagem ganha ainda mais importância na pandemia

Texto de Thiago Tarelli

Com a pandemia, o turismo foi diretamente afetado, exigindo que os segmentos que envolvem toda a cadeia produtiva do setor buscassem adequar suas atividades para uma nova realidade. Neste novo momento, companhias aéreas, hotelaria, bares, restaurantes e todos os outros setores envolvidos na atividade, passaram a ter novas normas e regras que compõem o novo normal, permitindo uma retomada gradual e segura da atividade. Neste sentido, um profissional ganhou ainda mais importância no mercado: os agentes de viagens.

Nesta nova realidade, agentes de viagens, que já eram especialistas em planejamento e elaboração de roteiros e pacotes, se debruçam sobre os protocolos sanitários adotados por toda a cadeia do turismo, que envolve transportadoras, receptivos, hotéis, locadoras de veículos, bares, restaurantes, entre outros, além de acompanhar em tempo real o andamento dos processos de reabertura das atividades econômicas nos estados, o que torna a compra de passagens aéreas, pacotes e serviços de turismo mais segura quando é feita com a supervisão destes profissionais.

“Quando o viajante compra um destino como Alagoas com um agente de viagens ele procura conforto, praticidade e segurança. O know-how e a experiência do profissional vai tornar a experiência ainda mais gratificante, indicando o hotel mais adequado ao perfil do turista, que segue todas as normas de segurança. Neste momento difícil de pandemia, onde adiamentos e cancelamentos são mais frequentes, os agentes de viagens conseguem resolver mais rápido e da melhor forma, por terem uma relação mais próxima dos fornecedores, liberando o cliente de possíveis danos a sua viagem”, explica Vivian Costa, agente de viagens de Fortaleza, no Ceará, um dos principais mercados emissores regionais de turistas para Alagoas, aquecido neste cenário de retomada.

Já no mercado nacional, além do regional, o agente de viagens também ganhou ainda mais importância neste momento. A agente de viagem Geovana Goedel, de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, explica que Alagoas é um dos destinos mais procurados entre os seus clientes e que a assessoria foi essencial para evitar transtornos neste período. “Durante a pandemia estamos passando por vários problemas de reagendamentos e adiamentos, mas quem tem o suporte de um agente de viagens não tem dor de cabeça, nós quem estamos cuidando de todos esses processos quando há necessidade, facilitando a vida do cliente e reduzindo os danos causadas pelo momento”, explica.

Desde o início da pandemia, o Governo de Alagoas- por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) – além de buscar estabelecer os protocolos sanitários necessários para uma retomada segura do setor também buscou capacitar os agentes de viagens nacionais e internacionais sobre as medidas de segurança e o andamento do processo de retomada das atividades no Estado, para que eles tivessem o Destino Alagoas como um dos seus principais produtos para venda. Desde março do ano passado, mais de 1.300 profissionais foram capacitados pela equipe técnica da Sedetur.

“Nós recorremos ao virtual, nos adequando a este novo momento quando não estão acontecendo as feiras e eventos, onde estávamos sempre próximos dos agentes de viagens dentro e fora do país. Por isso, estamos realizando dezenas de encontros online, em parceria com importantes players do setor, onde já capacitamos mais de 1.300 agentes de viagens nacionais e internacionais. Essas ações dão a eles todas as informações necessárias para que eles estejam por dentro de todas as nossas ações, e atualizados das novidades e diferenciais do Destino Alagoas. No segundo semestre do ano passado, quando houve uma boa redução no número de casos e o viajante pôde viajar de forma segura, já fomos um dos destinos mais buscados do país. Certamente repetiremos este êxito neste ano, com ainda maior fluxo”, explica o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

Uma das agentes capacitadas nestas ações online foi a Francisca Godoy, agente de viagens de Santiago, no Chile. Segundo ela, apesar do momento exigir o fechamento das fronteiras, a capacitação permite ao agente conduzir o cliente a um planejamento mais adequado e seguro da viagem. “Alagoas é um destino maravilhoso e, no turismo internacional, a capacitação neste momento de pandemia se torna ainda mais importante porque conseguimos passar informações em tempo real aos nossos clientes, conseguindo garantir uma experiência completa assim que isso for possível. Certamente iremos levar muita gente para as praias alagoanas assim que tudo isso passar”, ressalta Francisca.

Ascom Sedetur.

Artigos relacionados
ALAGOAS

Fluxo de passageiros no aeroporto Zumbi dos Palmares cresceu 8,5% nos primeiros 5 meses de 2024

Entre janeiro e maio de 2024, Alagoas registrou um crescimento de 8,5% no fluxo de passageiros no Aeroporto Internacional Zumbi…
ALAGOAS

Secretaria de Turismo promove Famtour para agentes de viagens e explora potencial da Caatinga

A Secretaria de Estado do Turismo (Setur), ao lado do Governo de Alagoas, vem cada vez mais realizando um trabalho…
ALAGOAS

Setur fortalece e impacta turismo de base comunitária nos litorais Norte e Sul

Visando fomentar e fortalecer cada vez mais o turismo de base comunitária, além de conectar o litoral Sul com o…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :