DestaquesNotícias

Empresários do turismo elaboram proposta de plano de manejo do Vale dos Mestres, em Sergipe

Um dos atrativos turísticos da região dos Canions do São Francisco, o Vale dos Mestre foi interditado através de uma liminar do Ministério Publico Federal que obriga o estado de Sergipe, o município de Canindé, o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) a adotarem medidas para proteção do Vale dos Mestres.

Na decisão, na última quinta-feira (6), a Justiça Federal determina que os réus proíbam a visitação ao espaço e aos sítios arqueológicos que lá se encontram enquanto durarem as restrições impostas pela pandemia de covid-19 e até que sejam realizados estudos ambientais.

Os estudos devem indicar a capacidade de carga da trilha do Vale dos Mestres, dos sítios arqueológicos e do meio aquático utilizado para o acesso ao Vale dos Mestres pelo Rio São Francisco. Até a finalização dos trabalhos devem ser instaladas barreiras aquáticas sinalizadas para evitar o acesso de embarcações ao Vale dos Mestres pelo rio.

Contudo, todas as recomendações realizadas pelo MPF já vinham sendo planejadas pelo Governo, Municípios e empresários que realizam os passeios. Os empresários que fazem parte do Trade estão solicitando participação nas audiências de conciliação para apresentarem propostas que atendem as exigências do MPF, com o objetivo de se realizar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC).

Dessa forma atendendo ao que o MPF determina, os empresários do turismo objetivam agilizar o retorno da normalidade das atividades turísticas, objetivando evitar mais demissões no setor e promovendo a retomado do turismo em Sergipe, que tanto sofreu com a pandemia.

Organização do turismo e fiscalização

A pedido do MPF, a Justiça também determinou a adoção de medidas para a estruturação do Vale dos Mestres. Devem ser providenciadas: área para estacionamento e controle de acesso, guarita e portão de entrada, estação com centro de visitantes e banheiros.

Além disso, deve ser instalado sistema de sinalização das trilhas e dos sítios arqueológicos, com placas que informem as normas de conduta na visitação e as sanções a quem as desrespeita. Os réus devem fiscalizar o cumprimento das regras no local, incluindo os sítios arqueológicos, e enviar relatório mensal à Justiça.

Proteção dos sítios arqueológicos

No prazo de 60 dias, o Iphan deve elaborar projeto de conservação preventiva dos sítios de arte rupestre do Vale dos Mestres. O documento deve apresentar medidas objetivas para impedir ou minimizar problemas como o desbotamento das pinturas, a cristalização de sais solúveis, a desagregação do suporte rochoso e infestação por insetos, líquens e fungos, além da ação depredatória do homem. Após a finalização, o projeto deve ser executado em 30 dias.

FPI/SE

Em novembro de 2019, a equipe de Espeleologia e Arqueologia da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI/SE) visitou o Vale dos Mestres. Na ocasião, os profissionais identificaram lixo, fogueira, pichações, alto volume de som, falta de controle do número de pessoas na trilha, o que ocasiona muitos impactos ambientais. O relatório da inspeção foi encaminhado ao MPF, que após diligências complementares ajuizou ação civil pública.

Vale dos Mestres

É um atrativo natural muito procurado por turistas e moradores da região, faz parte da Unidade de Conservação Monumento Natural do Rio São Francisco.

Na trilha, de pouco mais de um quilômetro que separa a entrada do Vale dos Mestres do lago formado pelas águas cristalinas do Rio São Francisco, podem ser encontrados diversos vestígios da passagem do homem pelo sertão nordestino há mais de 9 mil. São quatro sítios arqueológicos que registram o cotidiano desses grupos, objeto de pesquisa de arqueólogos da Universidade Federal de Sergipe. No local, há vários registros de gravuras em baixo relevo sobre as rochas.

Artigos relacionados
Destaques

Las Vegas aumenta o volume em festivais de música de outono

Os resorts da Las Vegas Strip se tornaram famosos por sediar residências de grandes artistas musicais no auge de sua…
Destaques

Embratur coloca Ceará em destaque em exposição durante os Jogos Olímpicos de Paris

A Embratur, o Sebrae e o Governo do Ceará – por meio da Secretaria do Turismo (Setur) – irão apresentar…
Destaques

Escadaria que conta história de União da Vitória (PR) em mosaicos vira atração turística

O município de União da Vitória, na região Sul do Paraná, inaugurou em junho uma escadaria colorida que dá acesso…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :