DESTINOS

Ministro do Turismo anuncia recursos para conclusão de teleférico no Rio Grande do Norte

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, anunciou nesta segunda-feira (24.05) a liberação de recursos para conclusão da obra do teleférico de Santa Cruz (RN). O atrativo pretende consolidar o município como um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte e do Brasil. Durante visita à capital do estado, Natal, o ministro também anunciou a publicação da portaria que prorroga os prazos de pagamento e aumenta os valores financiáveis do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) e entregou, junto ao ministro das Comunicações, Fábio Faria, 20 pontos de de Wi-Fi para as praias da região.

As obras do teleférico de Santa Cruz foram divididas em quatro etapas e contam com recurso de mais de R$ 10 milhões do Ministério do Turismo. Após concluído, o atrativo vai transportar moradores e turistas do centro da cidade até o Santuário de Santa Rita, que possui a maior imagem católica do mundo, com 56 metros de altura. No período anterior à pandemia, estima-se que, anualmente, mais de 60 mil pessoas visitavam o Santuário da cidade no dia de Santa Rita de Cássia (22 de maio).

Para o ministro Gilson Machado Neto, a infraestrutura turística é fundamental para que o potencial do destino possa ser aproveitado ao máximo, especialmente na retomada das atividades. “É uma obsessão deste governo promover entregas e realizações e acabar com verdadeiras obras ao descaso que tínhamos no Brasil. Aqui no Rio Grande do Norte são 207 obras em andamento, com liberações de R$ 41,8 milhões nos últimos dois anos”, disse. “Uma dessas obras é a construção do teleférico de Santa Cruz, que receberá R$ 10,7 milhões e vai ampliar o fluxo turístico no município”, declarou o ministro.

MAIS FUNGETUR – O ministro Gilson Machado Neto também anunciou a publicação de portaria do MTur que prorroga prazos de pagamento e aumenta os valores financiáveis do Fundo Geral de Turismo (Fungetur). As alterações vão permitir a extensão e/ou suspensão em até oito meses dos prazos de carência ainda em curso para início do pagamento da amortização, relacionadas aos financiamentos concedidos com recursos do Fundo.

A nova portaria muda também os valores que podem ser contratados para duas das três linhas em operação. Primeiro, para obras civis para implantação, ampliação, modernização e reforma de empreendimentos turísticos e, segundo, para bens e equipamentos, ambas com capital de giro associado. O valor financiável da primeira passa de R$ 10 milhões para R$ 50 milhões.

Já para a linha de bens e equipamentos destinados a empreendedores da cadeia produtiva do turismo, o teto de contratação, que antes também era de R$ 10 milhões, passa a ser de R$ 30 milhões. Esses critérios valem para sociedades empresariais, preferencialmente micro, médias e pequenas empresas, além de empresários individuais.

REPASSE – Durante a visita, o ministro oficializou ainda o repasse de R$ 12,9 milhões à Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN) e de R$ 500 milhões ao Banco do Nordeste (BNB). Os recursos fazem parte dos R$ 5 bilhões do Fungetur destinados ao setor de turismo no combate aos impactos causados pela pandemia de coronavírus. 

Ministro do Turismo entregou cheques que simbolizam repasses do Fungetur. Crédito: Roberto Castro/MTur

WI-FI BRASIL – Em Natal (RN), os ministros do Turismo, Gilson Machado Neto, e das Comunicações, Fábio Faria, entregaram 20 pontos de Wi-Fi para sete praias da região: Maxaranguape, Baía Formosa, Areia Branca, Caiçara do Norte, São Miguel do Gostoso, Rio do Fogo e Touros. A disponibilização de internet grátis instalada pelo governo federal são parte do programa Wi-Fi Brasil, do Ministério das Comunicações. O Rio Grande do Norte já possui 336 pontos distribuídos pelo estado e cerca de 14 mil pontos beneficiam milhares de pessoas em todo o Brasil.

O ministro Gilson Machado Neto, destacou as belezas únicas do Brasil e chamou a atenção para a necessidade de se garantir uma experiência positiva para os turistas por meio da melhor estrutura possível. “E é aí que entra a importância da instalação de redes de Wi-Fi nas praias do Rio Grande do Norte. Certamente esses 20 pontos irão contribuir muito para a melhoria da experiência de turistas e moradores nas praias de Natal”, disse, lembrando que 74% das rotas turísticas estratégicas do país não possuem internet pública gratuita.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, destacou a entrega para o estado. “Estamos trazendo para o Rio Grande do Norte pontos do Wi-Fi Brasil que irão para as praias, pois assumimos o compromisso de conectar todos os pontos turísticos do país”, declarou.

Machado Neto recordou que, em 2020, foi assinado um acordo de cooperação com os ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovações e, também, das Comunicações para promover o Turismo 4.0. O objetivo é a execução de ações para adoção da Internet das Coisas (IoT) no setor, criação de Polos Tecnológicos, Fóruns de Inovação e o desenvolvimento de novas tecnologias. “Nosso objetivo é identificar gargalos para adoção de ferramentas tecnológicas e auxiliar no compartilhamento de informações. Certamente esse trabalho garantirá um diferencial competitivo para nossos destinos no cenário nacional e internacional”, afirmou.

Além do Turismo 4.0, o MTur iniciou um processo de implantação dos Destinos Turísticos Inteligentes (DTI) no país. Os DTIs são espaços turísticos inovadores, acessíveis a todos e consolidados sobre uma infraestrutura tecnológica, de modo a garantir o desenvolvimento sustentável do território e melhorar, tanto a qualidade de vida do residente, como a qualidade da experiência do visitante no destino. “Iniciamos um processo de desenvolvimento de projetos-piloto em dez destinos brasileiros, dois em cada região. Aqui na Região Nordeste os destinos são Recife e Salvador, mas nada impede que Natal faça parte desta iniciativa futuramente”, destacou o ministro.

Ministros Gilson Machado Neto e Fábio Faria entregam internet gratuita em Natal. Crédito: Roberto Castro/MTur

TRADE – Na agenda em Natal, os ministros Gilson Machado Neto e Fábio Faria se encontraram com o trade turístico do estado. Durante a reunião, trataram de medidas para o fortalecimento do setor, os impactos do coronavírus nas atividades turísticas e econômicas do estado e de medidas para o pós-pandemia.

Por Rafael Brais

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Artigos relacionados
DESTINOS

Início do inverno traz possibilidades para curtir o frio pelo país

Teve início, ontem, dia 20, a estação mais fria do ano no Brasil: o inverno! E, apesar de ser um…
DESTINOS

Curitiba recebe primeiro voo direto de Santiago

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, recebeu na quarta-feira (19) o…
DESTINOS

Portugal: Setúbal aprova criação de taxa turística municipal

A Câmara de Setúbal aprovou o projeto de regulamento de criação da taxa municipal turística diante do aumento da despesa…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :