DESTINOS

União Europeia recomenda abertura para turistas dos Estados Unidos

BRUXELAS (AP) – A União Europeia recomenda que seus 27 países membros para que comecem a suspender as restrições aos turistas dos Estados Unidos.

Os membros da UE concordaram na quarta-feira em adicionar os EUA à lista de países para os quais devem remover gradualmente as restrições a viagens não essenciais. A medida foi aprovada durante reunião em Bruxelas de representantes permanentes do bloco.

A recomendação não é vinculativa e os governos nacionais têm autoridade para exigir resultados de testes ou registros de vacinação e para definir outras condições de entrada.

A UE não tem uma política unificada de turismo ou fronteira da Covid-19, mas vem trabalhando há meses em um certificado de viagem digital conjunto para os vacinados, testados recentemente ou recentemente recuperados do vírus. Os legisladores da UE endossaram o plano na semana passada.

Os certificados gratuitos, que conterão um código QR com recursos avançados de segurança, permitirão que as pessoas se movam entre os países europeus sem a necessidade de quarentena ou testes extras de coronavírus na chegada.

Vários países da UE já começaram a usar o sistema, incluindo Bélgica, Espanha, Alemanha, Grécia, Bulgária, Croácia, República Tcheca, Dinamarca e Polônia. O restante deve começar a usá-lo em 1º de julho.

Destina-se principalmente a cidadãos da UE, mas os americanos e outros também podem obter o certificado – se conseguirem convencer as autoridades de um país da UE em que estão entrando, que se qualificam para um. E a falta de um sistema de certificação de vacinação oficial dos EUA pode complicar as coisas.

Alguns países da UE já começaram a permitir a entrada de visitantes americanos . Por outro lado, o primeiro-ministro da Bélgica, Alexander De Croo, disse nesta semana que uma abordagem cuidadosa e gradual deve permanecer a regra.

“Vamos olhar para a ciência e para o progresso. Vamos olhar para os números e quando for seguro, faremos”, disse De Croo. “No momento em que vermos que uma grande parte da população está duplamente vacinada e puder provar que está segura, as viagens irão aumentar novamente. E eu esperaria isso ao longo deste verão”.

Além dos EUA, os representantes de nações da UE adicionaram cinco outros países – Macedônia do Norte, Albânia, Sérvia, Líbano e Taiwan – à lista de viagens turísticas. O Conselho Europeu atualiza a lista com base em dados epidemiológicos. Ele é revisado a cada duas semanas.

Os representantes decidiram também retirar a cláusula de reciprocidade para as regiões administrativas especiais da China, Macau e Hong Kong.

As recomendações devem ser formalizadas na sexta-feira.

Artigos relacionados
DESTINOS

Embratur anuncia retorno de ações promocionais do Brasil na China

Em reunião com o embaixador da China no Brasil, Zhu Qingqiao, nesta quarta-feira (17), o presidente da Embratur, Marcelo Freixo,…
DESTINOS

Centro de Referência para fortalecer o artesanato é inaugurado em Alagoas

Em um marco histórico para a cultura e economia de Alagoas, o governador Paulo Dantas inaugurou na terça-feira (16) o…
DESTINOS

Brasil tem roteiros ferroviários para curtir nas férias de julho

As férias de julho são uma oportunidade perfeita para explorar o Brasil de maneiras únicas e encantadoras. Que tal viajar…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :