Notícias

Ministro do Turismo acompanha anúncio de ampliação da malha aérea no Rio Grande do Sul

Nesta quinta-feira (01.07), o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, acompanhado do presidente da Embratur, Carlos Brito, participou do anúncio de expansão da malha viária da Azul Linhas Aéreas no estado do Rio Grande do Sul. A partir de agosto, a companhia ampliará de seis para 15 o número de cidades atendidas no estado, sendo oito rotas novas. A Azul oferecerá, ainda, deslocamentos para 22 cidades brasileiras com origem na capital, Porto Alegre.

“Esta iniciativa irá trazer mais conectividade e integração regional, preparando o Brasil para a retomada das atividades turísticas, a partir de maiores possibilidades de deslocamentos para nossos turistas de lazer e de negócios. Temos um grande país e uma capacidade de recuperação astronômica, que tem sido reconhecida. Uma prova disso é a recondução do Brasil ao Conselho Executivo da Organização Mundial do Turismo”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, ao citar os esforços do governo federal na regulação e redefinição de custos no setor de aviação.

Também presente, o secretário executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, pontuou os investimentos federais no setor aéreo, principalmente para o desenvolvimento da aviação regional. “Com o engajamento do Executivo, tanto dos ministérios do Turismo, da Economia e da Infraestrutura, e o Poder Legislativo, a gente consegue criar um ambiente favorável para investimentos para que a aviação continue crescendo no país. Nosso projeto é ter, nos próximos anos, 200 municípios integrados na malha nacional da aviação. Vamos, até dezembro, fazer um investimento de R$ 1 bilhão na aviação regional. Com mais infraestrutura e equipamentos possibilitamos uma navegação cada vez mais segura”, destacou.

Ao apresentar o plano de expansão da malha aérea nos céus gaúchos, o presidente da Azul, John Rodgerson, ressaltou que a companhia se antecipa ao aumento da demanda por passagens. “Podemos olhar com otimismo pelo futuro porque, ao vacinar, as pessoas vão voltar a voar e nós temos que estar preparados para isso. Vamos servir 15 cidades no Rio Grande do Sul. Nunca na história da aviação brasileira tivemos tantas cidades servidas. O estado vai ser um dos estados mais conectados. Isso não é uma coisa do papel, vai estar disponível hoje”, afirmou.

Por Amanda Costa

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Foto: Roberto Castro/MTUR

Artigos relacionados
Notícias

Mais de 36,7 mi de passageiros voaram pelo país de janeiro a maio deste ano

A movimentação de passageiros em voos dentro do Brasil continua crescendo em 2024. De janeiro a maio deste ano, mais…
Notícias

MTur: São João será igual ao Carnaval em número de turistas

“Queremos fazer com que o São João seja igual ao Carnaval em termos de movimentação de turistas estrangeiros e nacionais…
Notícias

Brasil é recordista em rotas domésticas mais voadas na América Latina

Um estudo feito pela Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo (ALTA) divulgou os trajetos aéreos mais voados da…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :