Notícias

MTur diz que vai buscar um entendimento com Anvisa para liberar acesso dos cruzeiros ao Brasil

Vindo de Genova, na Itália, o MSC Música trouxe a Maceió três mil turistas nacionais e internacionais

A notícia de que a Anvisa havia proibido o acesso dos navios de cruzeiros aos portos brasileiros, foi uma ducha de água fria no setor de turismo, causando uma polêmica e até mesmo revolta dos empresários que questionam porque se nega a vinda dos navios e permite os aviões internacionais.

Entretanto nada está perdido e ainda ha esperança de que a determinação seja revogada graças a intervenção do Ministério do Turismo que emitiu uma nota a imprensa, informando que nos próximos dias haverá reuniões entre as autoridades para discutir o assunto e se chegar a um termo que não atenda as normas de saúde e também a atividade econômica de turismo. Abaixo a nota da Ministério do Turismo destinada à imprensa:

Em face das recentes notícias veiculadas por alguns órgãos de imprensa, o Ministério do Turismo ressalta que, até o momento, não há novidades ou atualizações em relação à autorização da próxima temporada de cruzeiros no Brasil.

Ressaltamos que continuamos trabalhando em torno dos trâmites e negociações para viabilizar a temporada de cruzeiros no Brasil. O assunto tem sido debatido com outros ministérios como Saúde, Justiça e Infraestrutura, além de outros Órgãos e autoridades, como a Anvisa e o setor de Cruzeiros, e há reuniões marcadas no decorrer dos próximos dias para discussão e adequações dos robustos protocolos de segurança apresentados pelo setor, confiantes de que essa importante atividade econômica possa voltar com segurança no Brasil.

Segundo informações levantadas pela Pasta, esses mesmos procedimentos de segurança foram implementados com sucesso em mais de 50 países, onde mais de 1,5 milhão de pessoas já voltou a navegar.

Vale destacar que a indústria de cruzeiros é vital para a recuperação econômica nacional e global. A estimativa é de que a temporada deste ano gere um impacto de R$ 2,5 bilhões na economia nacional – em 2019/2020 foi de R$ 2,24 bilhões – além da geração de 35 mil empregos – em 2019/2020 foram 33.745.

Artigos relacionados
Notícias

Piranhas, destino turístico em Alagoas, recebe investimentos em energia elétrica

Piranhas é um dos principais destinos turísticos de Alagoas,  município localizado a 300 quilômetros de Maceió, no alto Sertão, na…
Notícias

Linha de crédito para o turismo registra mais de 4 mil contratos assinados, preservando cerca de 39 mil empregos

OFundo Geral do Turismo (Fungetur), que viabiliza linhas de crédito específicas para o setor, foi acessado por mais de quatro…
Notícias

Embratur discute incentivo para os municípios

A Confederação Nacional de Municípios (CNM), representada pela área técnica de turismo, participou de uma reunião, na última quinta-feira, 09…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :