Destaques

Restaurante brasileiro é eleito um dos melhores do mundo em Oscar da gastronomia

rica culinária brasileira foi reconhecida nesta terça-feira (05.10) pelo o que é considerado o Oscar da gastronomia. O estabelecimento paulista Casa do Porco ficou na 17ª posição na premiação internacional The World’s 50 Best Restaurants 2021, dividindo o ranking com renomados restaurantes da Espanha, Dinamarca, Peru, Áustria e Japão.

A casa brasileira, do chef Jefferson Rueda, oferece aos clientes o melhor da variedade suína, com produtos artesanais de alta qualidade e busca evidenciar o pequeno produtor local. Os porcos são criados em uma fazenda particular no interior de São Paulo com uma dieta natural de soro de leite e vegetais – o que promete ser a receita do sucesso da casa. O menu tem opções que utilizam todas as partes do animal de diferentes formas, como linguiça de sangue caseira e sushi de papada.

Os pratos inusitados fazem parte do conceito do restaurante, que pretende desmistificar mitos sobre a carne de porco e quebrar preconceitos, desafiando os clientes a saírem da zona de conforto culinária e experimentar novos sabores e texturas, com uma generosa pitada de criatividade. E o melhor: tudo isso com um preço acessível. O caráter excêntrico da Casa do Porto está estampado também no ambiente, com decoração divertida, colorida e descontraída, que mistura um estilo jovem e industrial.

No último mês, o 50 Best Restaurants divulgou uma lista estendida da premiação, que coroou os também brasileiros D.O.M., de Alex Atala, ocupando a 61ª posição no ranking; o Oteque, de Alberto Landgra, na 67ª posição, e o Lasai (85° posição), do casal Rafa Costa e Silva e Malena Cardiel.

“Fico muito satisfeito com premiações como esta. Este reconhecimento mostra para o mundo o valor da nossa gastronomia, que tem o mesmo nível de competitividade que qualquer outra, e eu diria que ainda mais, pelas nossas riquezas e variedade de produtos que só o Brasil tem”, comentou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

TURISMO GASTRONÔMICO – Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo. No Brasil, a gastronomia movimenta cerca de R$ 250 bilhões por ano, segundo cálculos da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), e é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros em visita ao Brasil. Oito em cada 10 turistas internacionais aprovaram a gastronomia brasileira em 2019, segundo um estudo realizado pelo Ministério do Turismo com visitantes de outros países (Demanda Turística Internacional).

Por Vanessa Castro

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Artigos relacionados
Destaques

Anac orienta passageiros do transporte aéreo sobre o que não levar na bagagem

A restrição ao transporte de determinados itens em voos é uma medida de segurança no setor aéreo, regulamentada pela Agência…
Destaques

Mais de 220 obras de infraestrutura turística são concluídas no Brasil ao longo do 1° semestre de 2024

Além dos ótimos resultados do turismo nacional no 1° semestre de 2024, o Brasil registra grandes avanços na preparação de…
Destaques

Personalidades são homenageadas por fomentar turismo de eventos no Estado de Alagoas

A captação de eventos para um destino demanda um grande trabalho de bastidores. Muitos desses eventos passam por candidaturas e…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :