DESTINOS

Pandemia no Caribe sem controle e variante Delta está presente em todos países

A variante Delta continua matando muitas pessoas em toda região do Caribe, segundo informações dos governos da região. O alerta foi dado pela imprensa norte americana. A recomendação das autoridade de saúde e para se evitar aquele destino turístico. O ministério das finanças de Barbados, Ryan Straughn, reconheceu no Barbados Advocate que os casos da Covid continuavam a aumentar e os hospitais locais estão sendo levados ao seu limite, mas enquanto o programa de vacinação puder atingir todos os barbadianos, ele estava confiante de que teria sucesso.

Os tempos de operação nos centros de vacinação em Barbados foram estendidos. O toque de recolher de domingo à noite foi alterado das 18h para as 21h, dando às pessoas mais tempo para estar em público e menos tempo em residências particulares, onde as chances de transmissão são maiores.

Em Granada, o número de vacinas está aumentando lentamente e novos casos estão começando a diminuir, de acordo com o Ministério da Saúde. Cerca de 25% da população foi vaxxada, e o governo ordena a vacinação dos funcionários do hotel.

Algumas paróquias na Jamaica estão vendo a hesitação da vacina como a razão para a baixa participação nos centros de vacina, apesar das intensas campanhas de educação pública. Em 30 de setembro, 7,7% dos jamaicanos haviam sido vacinados. O país tem como meta a vacinação total de 1,9 milhão de pessoas até março.

Os números de setembro para novos casos de Covid diminuíram nas Bahamas, mas a situação continua terrível, de acordo com o ex-ministro da saúde Dr. Duane Sands.

As taxas de positividade do teste permaneceram altas, com uma taxa de 19% em 27 de setembro, de acordo com o Nassau Guardian .

Sands disse que os testes precisam ser aumentados. “Não estamos nem perto de dar um suspiro de alívio”, disse ele. “O sistema de saúde continua sobrecarregado … temos o desafio de encontrar enfermeiras e outros profissionais de saúde para cobrir esses pacientes”, disse ele , chamando a situação de “um cenário muito, muito sombrio”.

Portanto, 18 meses após o início da pandemia, Covid continua sendo uma crise de saúde em muitas das ilhas, apesar da intensificação das campanhas de vacinação, incentivos, anúncios de serviço público e centros de vacinação instalados nas áreas rurais.

Parabéns aos destinos que conseguiram conter casos em níveis baixos, elogios às transportadoras que se comprometeram com os horários de voos anteriores à Covid e às empresas de cruzeiros que retomaram escalas nos portos, gratidão aos profissionais médicos que continuam a cuidar das vítimas da Covid e para os trabalhadores de hospitalidade e proprietários de negócios e todos que têm navegado por esses tempos difíceis.

Ainda há muito trabalho a ser feito. A alta temporada do Caribe, muitas vezes chamada de época festiva porque os feriados se aproximam, começa no mês que vem. Vamos torcer para que seja realmente festivo.

Artigos relacionados
DESTINOS

Maceió é o destino mais procurado do Nordeste no feriado de Finados

Um levantamento de dados realizado pela Booking.com para saber onde os brasileiros irão aproveitar o próximo feriado, revelou que Maceió…
DESTINOS

O Paraíso do Tapajós – Alter do Chão

Por: Cassandra Teodoro – Uma das joias da Amazônica, Alter do Chão, vem chamando atenção de turistas de todos os…
DESTINOS

Lisboa classificada com uma das cidades mais segura do mundo para o turismo

Portugal conquista mais um prêmio com destino turístico e desta vez foi o “The Economist” que classificou capital lusa como…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :