GASTRONOMIA

MTUR e IFB iniciam preparativos para a realização do Seminário Internacional de Turismo Gastronômico

o longo desta semana, uma equipe do projeto “Prospectivas para o Turismo Gastronômico no Brasil”, parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Federal de Brasília (IFB), esteve em Paraty, no Rio de Janeiro, para iniciar os preparativos para o I Seminário Internacional de Turismo Gastronômico. O evento deve ocorrer no primeiro trimestre do próximo ano e reunirá autoridades e profissionais que atuam no setor de turismo, chefes de cozinha e personalidades da gastronomia mundial.

Durante a estadia em Paraty, a equipe do projeto se reuniu com representantes das secretarias de turismo e cultura, Iphan, representantes da cidade criativa da gastronomia, polo gastronômico e Convention & Visitors Bureau. Segundo a diretora do Departamento de Inteligência Mercadológica e Competitiva do Ministério do Turismo, Nicole Facuri, que integrou a comitiva, o objetivo foi estreitar relações.

“Esta foi uma visita técnica para que possamos nos aproximar dos gestores e trade turísticos local, estreitando parcerias com os órgãos e instituições municipais para que possamos organizar da melhor forma possível o nosso primeiro encontro internacional de turismo gastronômico”, explica Facuri.

Além das reuniões, a comitiva visitou atrativos como o Quilombo do Campinho, a Casa de Farinha e o Centro Histórico de Paraty, acompanhados da secretária Adjunta de Turismo, Sandra Barros.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, reforça que o turismo gastronômico tem motivado cada vez mais viagens e atraído a atenção de países ao redor do mundo. “A gastronomia brasileira é uma das apostas para a retomada do turismo no período pós-pandemia. Somos um país com sabores e temperos únicos. Temos um potencial enorme para nos destacarmos no cenário mundial e é para isso que temos trabalhado, unindo esforços com outros atores e elaborando projetos que consigam transformar todo esse potencial em realidade”, comenta.

O PROJETO – De forma a impulsionar o turismo gastronômico no país, em 2020, o Ministério do Turismo e o Instituto Federal do Brasil (IFB) firmaram um acordo para o desenvolvimento do projeto “Prospectivas para o Turismo Gastronômico no Brasil”. O Ministério do Turismo também contratou, em parceria com a Unesco, uma consultoria para apoiar a formulação de ações e estratégias voltadas ao desenvolvimento do turismo gastronômico no país.

TURISMO GASTRONÔMICO – Dados da Organização Mundial do Turismo (OMT) apontam que a gastronomia é o terceiro maior impulsionador de viagens no mundo. No Brasil, o segmento já movimenta cerca de R$ 250 bilhões anuais, segundo cálculos da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). O Brasil também possui quatro cidades reconhecidas internacionalmente pela Unesco por conta da inovação na gastronomia: Paraty/RJ, Belo Horizonte/MG, Florianópolis/SC e Belém/PA.

Por Amanda Costa

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Artigos relacionados
EVENTOSGASTRONOMIA

Festival em Pirenópolis (GO) reúne jazz, gastronomia e premia vinhos do Cerrado

Degustações orientadas de vinhos premiados – com destaque para a produção goiana e do Distrito Federal -, palestras com especialistas,…
GASTRONOMIA

Concurso Comida di Buteco se torna patrimônio cultural do Rio

O concurso Comida di Buteco, que está em sua 24ª edição nacional com o lema Somos Todos Buteco, se tornou…
GASTRONOMIA

Pelotas (RS) recebe título de Capital Nacional do Doce

A cidade de Pelotas (RS) se tornou oficialmente a Capital Nacional do Doce. O título, concedido pelo Governo Federal, por…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :