MEIO AMBIENTE

Desenvolvimento Sustentável inicia coleta seletiva de coco na orla de Maceió

A Superintendência Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Sudes) iniciou a coleta seletiva de coco na orla de Maceió. A novidade vai evitar o descarte irregular dos resíduos gerados por comerciantes e turistas, além de reutilizar os restos da fruta na produção de compostagem, fortalecendo as ações de plantio de árvores feitas pelo órgão.

Turistas e comerciantes irão contribuir diretamente com o projeto. Foto: Ascom Sudes

Ao todo, 60 recipientes foram instalados em pontos estratégicos da orla marítima, da Pajuçara ao Posto 7, na Jatiúca. Com eles, maceioenses e turistas podem fazer o descarte do coco e, ao lado de comerciantes, contribuir com o projeto.

O recolhimento dos resíduos será feito por motos especializadas todos os dias, das 7h às 22h. A previsão é que, semanalmente, sejam recolhidas mais de 24 toneladas de restos da fruta.

Ao todo, 60 recipientes foram instalados na orla para descarte correto dos restos da fruta. Foto: Ascom Sudes

Kedyna Tavares, diretora de Planejamento e Serviços Especiais da Sudes, afirma que todas as ações que possuem a intenção de reutilizar resíduos são benéficas para o meio ambiente.

“Todo resíduo que é reaproveitado deixa de ser descartado de forma irregular na natureza. Essa regra de reciclar materiais diminui os números de lixo recolhido na cidade e aumenta a vida útil do aterro sanitário, além de beneficiar as cooperativas e famílias que dependem da reciclagem”, disse Kedyna.

Além da fabricação de compostagem, os restos de coco coletados pela Prefeitura de Maceió podem ser reutilizados de outra maneira. Quando posto em uma rede de esgoto, o material fibroso do coco verde serve como fonte de carbono. Misturado aos demais resíduos de esgoto, produz um biofertilizante rico em nutrientes e que poderá ser aproveitado na agricultura local.

A princípio, este trabalho será realizado através do emprego de reeducandos do regime semiaberto, contribuindo, assim, para a ressocialização e inclusão destes no mercado de trabalho.

Alexandre Vieira/Ascom Sudes

Artigos relacionados
MEIO AMBIENTE

Mission Blue e MSC Foundation se unem para defender a conservação marinha

Em um movimento significativo para reforçar a conservação marinha global, a Mission Blue e a MSC Foundation anunciaram uma parceria…
MEIO AMBIENTE

Brasil ganha fórum em prol da descarbonização do setor aéreo

O uso de combustíveis sustentáveis de aviação, mais conhecidos como SAF (do inglês Sustainable Aviation Fuels), é essencial para o…
MEIO AMBIENTE

Lula defende turismo sustentável e bioeconomia para áreas de floresta

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta quarta-feira (5), que o desenvolvimento do turismo ambiental e da bioeconomia…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :