Cotidiano

Exposição, folclore e teatro abrem programação cultural do Bom Jesus em Penedo

A programação cultural promovida pela Prefeitura de Penedo durante as festividades de Bom Jesus dos Navegantes valoriza artistas e grupos folclóricos locais.

O trabalho desenvolvido por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Lazer e Juventude (SEMCLEJ) acontece na orla ribeirinha, com apresentações na Praça Comendador Peixoto – onde também acontece uma feira de artesanato – e a Exposição de Velas no porto das balsas.

O ‘pano’ da canoa de pescadores penedenses é a tela para obras de arte de Marcos Castanha, Dório Feitosa, Karina Michelle e Cícero Tadeu, mais conhecido como Tadeu e seus Bonecos.

Até a noite do próximo sábado, 08, a representação de lendas do rio São Francisco pode ser conferida, de preferência no final da tarde, junto ao pôr de sol, ou durante a noite mesmo, aproveitando a iluminação direcionada para a exposição.

A relação do povo ribeirinho com figuras como o Nego d’Água, o Minhocão, a Mãe d’Água e as tradicionais carrancas também está presente no teatro. O Conta Chico é encenado durante cerca de meia hora pelo Coletivo Cia Flor do Sertão e Margeia.

A produção estreou nesta quinta-feira, 06, e retorna no sábado, 08, nova oportunidade para assistir a peça construída com pesquisa sobre o Rio das Borboletas, alusão às velas coloridas das embarcações que perderam lugar para os barcos a motor.

Conta Chico é costurado com pitadas de humor, música autoral, trechos de canções de domínio público e um forte apelo em favor do rio em avançado processo de degradação.

A primeira noite da programação cultural das festividades do Bom Jesus 2022 em Penedo teve ainda apresentação do pastoril do bairro Santa Luzia, formado apenas por crianças que aprendem a dança tradicional com a professora Edenilda Vieira.

Outro grupo folclórico que deu show na Praça Comendador Peixoto foi o Quebra Coco do Tabuleiro dos Negros, mantido há 18 anos por Adalberto Cristovão dos Santos, o Mestre Belo, filho do Mestre Guerreiro Manuel Galdino de Lima, já falecido.

Sob a liderança do Mestre Belo, adolescentes da comunidade remanescente quilombola dançaram coco de roda para o público que tem novas atrações no mesmo local, sempre a partir das 17 horas até sábado, véspera da procissão fluvial do Bom Jesus dos Navegantes.

Além de organizar e promover a programação cultural, a SEMCLEJ Penedo paga cachê aos artistas e grupos participantes, assim como aos donos das canoas que emprestam a embarcação para a Exposição de Velas.

A gestão Crescendo Com Seu Povo também viabiliza, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, toda a estrutura da Praça da Fé e mobiliza setores como Departamento de Comunicação, Secretaria de Saúde, SMTT, SIPE, Sedetur, Guarda Patrimonial e Secretaria de Serviços Públicos para a maior romaria religiosa de Alagoas e da região do Baixo São Francisco.

Texto: Fernando Vinícius – Decom PMP

Foto: Deywisson Duarte

Artigos relacionados
Cotidiano

IGPS realiza homenagem aos pais de Penedo com Show de Prêmios

O Instituto de Gestão de Políticas Públicas Sociais ( IGPS) realizou, no último sábado (13), um “Show de Prêmios” em…
Cotidiano

Barra de Santo Antônio comemora 62 anos de emancipação política com grandes atrações

Barra de Santo Antônio completará 62 anos no dia 20 de agosto e o Governo Municipal preparou a maior e…
Cotidiano

Mulheres de Penedo têm apoio da rede de proteção contra violência

A Prefeitura de Penedo, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação (SEMDSH), amplia ações de orientação às…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :