NEGÓCIOS

Turismo faturou R$ 14,7 bi em novembro

O turismo nacional faturou em novembro de 2021 a cifra de R$ 14,7 bilhões, segundo levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O valor é 19,3% maior do que o registrado no mesmo mês de 2020 e representa a oitava alta consecutiva do ano de 2021, segundo cálculos da entidade. O setor aéreo obteve o melhor desempenho no período, com crescimento de 63,3%, seguido pelos serviços de alojamento e de alimentação, que apresentaram alta de 13,1%.

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, os números demonstram que o setor segue se recuperando do impacto da pandemia de Covid-19. “O avanço da vacinação no nosso país e a adoção dos protocolos de biossegurança contribuíram para esta importante recuperação do nosso setor. Com um trabalho empenhado e assertivo conseguiremos atingir o quanto antes índices iguais ou até maiores ao período pré-pandêmico”, ressaltou.

Além dos setores aéreos e de alojamento/alimentação, o segmento de atividades culturais, recreativas e esportivas também apresentou alta no mês de novembro. O crescimento chegou a 12,1% frente ao mesmo período de 2020. Ao todo, foram contabilizados faturamento de mais de R$ 1 bilhão. As atividades de locação de meios de transporte, agências de turismo, operadoras e outros serviços de turismo foram as únicas que tiveram queda em novembro, com redução de 0,7% no total.

A presidente do Conselho de Turismo da FecomercioSP, Mariana Aldrigui, disse esperar bons resultados também na consolidação do mês de dezembro. “O volume de reservas e as manifestações de intenção de viagens se concretizaram em negócios. Isso animou os empresários do setor. É bem possível que os resultados de dezembro sejam também bastante positivos, e a mudança de cenário se dê, infelizmente, nos números de janeiro, por causa da variante ômicron no país”, destacou.

ÍNDICES POSITIVOS – A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)já havia apontado a gradual retomada do mercado de viagens no Brasil. Segundo o estudo, o Índice de Atividades Turísticas cresceu 4,2% em novembro de 2021 ante o mês anterior (outubro) no país. No acumulado de 2021, as atividades turísticas cresceram 21,1%, influenciadas, principalmente, pelo aumento de receitas das empresas dos ramos de transporte aéreo, hotéis, restaurantes, locação de automóveis e rodoviário coletivo de passageiros.

Ascom Ministério do Turismo

Artigos relacionados
NEGÓCIOS

ABEAR: malha aérea de julho terá crescimento de 10,62% no Nordeste

A oferta de voos domésticos na temporada de férias escolares, em julho, terá crescimento de 10,62% na Região Nordeste, em…
NEGÓCIOS

Entrada de turistas estrangeiros no Brasil cresce 14,8% em maio na comparação ao mesmo período de 2023

mundo voltou a olhar o Brasil e reconhecer seu potencial turístico. É o que demonstra o mais recente dado de…
NEGÓCIOS

Mexicana de Aviación encomenda 20 jatos E2 da Embraer

A Mexicana de Aviación, companhia aérea estatal do México, fez um pedido de 20 jatos E2 da Embraer (NYSE: ERJ;…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :