CIA AÉREASDestaques

Principais aéreas brasileiras registram lucro de R$ 4,5 bi no 1º trimestre do ano

Aeroporto de Brasília, embarque, check-in, pista, avião. Sérgio Lima/Poder360 12.05.2017

s três principais companhias aéreas brasileiras fecharam o primeiro trimestre deste ano com resultado líquido positivo de R$ 4,5 bilhões, com margem líquida positiva de 43,2%. No mesmo período do ano passado, as empresas encerraram o trimestre com prejuízo líquido de R$ 6 bilhões, com margem líquida de -119,2%. Os dados fazem parte do relatório de Demonstração Contábeis das Empresa Aéreas divulgado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

O resultado está diretamente relacionado à recuperação do transporte aéreo no início de 2022. De acordo com os dados estatísticos apresentados à ANAC, no primeiro trimestre do ano frente ao mesmo período do ano passado, no mercado doméstico, as empresas aéreas brasileiras Latam, Gol e Azul aumentaram sua oferta de voos em 49,3%, 39,6% e 14,6%, respectivamente. O período também registrou um aumento significativo no transporte de passageiros no mercado doméstico, da ordem de 70,5% (Latam), 47,2% (Gol) e 19,3% (Azul).

O balanço patrimonial das empresas de transporte aéreo brasileiras aponta que as receitas de serviços aéreos das três principais companhias aumentaram 111,7% em relação ao 1º trimestre de 2021, enquanto os custos e despesas operacionais aumentaram em 68,9%. A receita de passagens aumentou 137,4% e representou 82,9% do total das receitas de serviços aéreos.

As receitas com Carga e Mala Postal, por sua vez, aumentaram 12% e representaram 7% do total. Entre custos e despesas, o maior custo em relação ao total do setor foi combustíveis e lubrificantes (35,78%), seguido de pessoal (13,69%) e por seguros, arrendamentos e manutenção (12,83%).

Metodologia

Em cumprimento à Resolução nº 342/2014, as demonstrações contábeis trimestrais devem ser apresentadas pelas empresas com participação igual ou superior a 1% em termos de passageiros quilômetros pagos transportados (RPK) doméstico ou internacional. Já as anuais devem ser apresentadas por aquelas com participação igual ou superior a 1% do RPK ou das toneladas quilômetros pagos transportados (RTK) no mercado doméstico ou internacional. 

Artigos relacionados
Destaques

Parabéns! Luck comemora 62 anos

Uma das empresas de turismo com forte raiz no Nordeste é a Luck Viagens e Turismo, que tem sua matriz…
Destaques

Conheça os melhores museus e atrações de Portugal

A Tiqets acaba de anunciar os vencedores nacionais dos Remarkable Venue Awards, prémios que reconhecem os melhores museus e atrações…
Destaques

Balneário Camboriú lança selo de qualidade do turismo na cidade

A partir de quinta-feira, 29,, o município de Balneário Camboriú (SC) passará a contar com o Selo Turismo Qualificado BC,…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :