ALAGOAS

Circuito Alagoano de Surf reuniu 80 competidores em Maceió

Para valorizar a prática do surf em Maceió e promover cada vez mais o esporte na capital, a Federação Alagoana de Surf e Sup (Fessea) em parceria com a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel), realizou, na última sexta-feira (6) e sábado (7), no Pontal da Barra, a etapa de abertura do Circuito Alagoano de Surf 2022. 

O torneio, que contou com premiação inédita, recebeu atletas profissionais e iniciantes, sendo 75 da capital e 10 de outros estados do Nordeste. Se inscreveram participantes de Pernambuco, Paraíba, Aracajú e Natal.

Na decisão, apenas quatro competidores de cada uma das categorias se classificaram. As categorias foram: PRO AM Masculino, PRO AM Feminino, Sênior, Master, Grand Master, Kahuna, Grand Kahuna e Sub 18,16 e 14.

“Maceió tem as melhores ondas do Brasil e a Prefeitura tem investido bastante no esporte. Então, esse é mais um evento de inclusão social e a Semtel agradece a presença de todos os participantes e está à disposição para promover o surf e o esporte em Alagoas”, frisou, o secretario-adjunto de Esporte da Semtel, Francisco Carlos do Nascimento, o Chicão.

Pela primeira vez em Alagoas, evento esportivo recebeu mais de 80 competidores de várias categorias. Pela categoria Pro Masculino, Kahuan Handson, da Paraíba, que já esteve em Maceió em junho, competindo no Campeonato Brasileiro de Surf, obteve a maior pontuação, 12.26. Ele falou da satisfação de voltar para casa como campeão.

“Foi minha primeira final e já conquistei o maior prêmio. Estou muito feliz e vou comemorar com minha família e com meus amigos. Agradeço a todos que promoveram o torneio e a todo mundo que estava torcendo por mim”, disse.

Já na disputa do Pro Feminino, quem sobrou nas águas do Pontal foi a alagoana Erika Maxilima.

“Desde os 15 anos que eu participo de competições, mas é a primeira vez que eu ganho essa premiação, que acaba tirando a gente um pouco do sufoco. Eu sou ambulante e, durante esse período de chuvas, foi bem difícil. Então, a ideia do torneio é fazer com que o surf cresça cada vez mais e eu estou muito feliz por estar aqui”, comentou.

Organizador do torneio, Tanio Barreto, agradeceu a parceria da Prefeitura de Maceió. 

“Em todos esses anos de torneio, nunca tivemos um apoio deste para poder fomentar o esporte e dar credibilidade ao surfista profissional. É viável você viver do esporte, assim como eu vivo até hoje. Isso é muito gratificante; quem ganha é a população de Maceió, a galera do surf e os simpatizantes que praticam esporte e tem uma melhor qualidade de vida. Agora, estamos organizando para realizar duas etapas do surf estadual no final de setembro e em outubro”, disse.

Durante a cerimônia de encerramento, além da premiação em dinheiro distribuída aos atletas profissionais finalistas, todos os participantes ganharam kits de premiação, como blocos, copos, camisas e pranchas. 

Foto: Maivan Fernandez / Secom Maceió

Artigos relacionados
ALAGOAS

Circuito Penedo 2022 abre inscrições para propostas de apresentações musicais

O Circuito Penedo de Cinema divulgou nesta quinta-feira (29), o edital para seleção das atrações musicais da 12ª edição do…
ALAGOAS

Festival de Música de Penedo abre inscrição para oficinas e workshops gratuitos

Músicos de diversos estados brasileiros e de outros países encontram-se em Penedo entre os dias 19 e 22 de outubro,…
ALAGOAS

Olho d'água do Casado comemora 60 anos se consolidando como destinos turístico em Alagoas

Um dos destinos turísticos do Sertão de Alagoas, Olho d’água do Casado, comemorou 60 anos de sua emancipação política com…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :