CIA AÉREAS

LATAM é a companhia aérea que mais testou reconhecimento facial biométrico em embarques no Brasil desde 2020

A LATAM é a empresa aérea que mais testou reconhecimento facial biométrico em embarques no Brasil. Ao todo, quase 5 mil passageiros da companhia já testaram a tecnologia que começa a ser implantada regularmente, ontem, 9, nos aeroportos de Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio de Janeiro). Na prática, a LATAM é responsável por 80% de todos os testes prévios realizados anteriormente nos aeroportos de Brasília, Salvador e Florianópolis desde outubro de 2020.

Como destaca o diretor de Aeroportos da LATAM Brasil, Derick Barboza, “a LATAM é a companhia que mais testou a biometria no Brasil para tornar as viagens aéreas cada vez mais simples e rápidas. Esse é o nosso foco. Por isso, já contamos com tecnologias como o check-in automático, o self bag drop e notificações personalizadas por WhatsApp. O embarque por biometria é mais uma novidade para facilitar a vida do cliente”.

O projeto inovador nos aeroportos de Congonhas e Santos Dumont, denominado “Embarque + Seguro”, foi viabilizado em parceria com o Ministério da Infraestrutura, o Serpro (empresa desenvolvedora da solução tecnológica) e a Infraero (operadora dos dois aeroportos), possibilitando aos passageiros o embarque de forma ágil, prática e segura, conforme o próprio nome sugere. Além disso, o serviço dispensa a apresentação de documento de identificação e cartão de embarque pelos passageiros. É importante destacar que o uso de todas essas informações está alinhado à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), em que o processo de identificação atende às necessidades de segurança pública e defesa nacional.

Cadastro

Outra vantagem da LATAM nos embarques biométricos em Congonhas ou no Santos Dumont é que a empresa é a única a utilizar pontos com leitura de QR Code em ambos aeroportos para o cliente efetivar o próprio cadastro e ativar sua biometria facial mais rapidamente, por meio de uma “selfie”. Tudo isso em poucos minutos e dispensando a necessidade de acessar aplicativos. Caso o passageiro encontre dificuldades ou tenha dúvidas sobre o processo, terá todo o suporte dos funcionários da companhia em ambos aeroportos.

Funcionamento

No aeroporto, a biometria facial será usada em duas etapas: primeiro, no acesso à sala de embarque; depois, no acesso à aeronave. Na entrada da sala de embarque, totens farão a leitura biométrica da face, consultando a base do governo e verificando o cadastro do passageiro e a existência do cartão de embarque válido. Aprovada a biometria, o passageiro fica autorizado a ingressar no local. A segunda etapa ocorrerá no portão de embarque, no momento de ingresso na aeronave.

Com a biometria, o tempo médio do embarque caiu de 8 segundos para 6 segundos por passageiro (tempo médio). Isso significa que, com a biometria, será possível processar mais embarques no mesmo tempo do processamento atual, correspondendo a um ganho de 25%. Os viajantes poderão optar entre o sistema e os procedimentos tradicionais de check-in e embarque, que continuam disponíveis.

Artigos relacionados
CIA AÉREAS

LATAM adesiva aeronave para celebrar os três anos do programa LATAM Pass

Para marcar o início das comemorações dos três anos do LATAM Pass – que será dia 30 de setembro –…
CIA AÉREAS

Air France abre cinco novos destinos em Portugal

A Air France vai voar, durante o próximo inverno, para 171 destinos, incluindo 86 no longo curso e 85 no…
CIA AÉREAS

Novos destinos no Ceará superam expectativas e LATAM amplia operação em Jericoacoara

Os voos para Jericoacoara e Juazeiro do Norte já superam as expectativas da própria LATAM, com uma ocupação superior a…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :