MEIO AMBIENTE

Turismo de final de ano e férias que alia lazer e sustentabilidade no Pantanal Mato-grossense

yacht millennium piuval

Este foi um ano de grande visibilidade para o Pantanal devido ao remake da novela, que fez muito sucesso na televisão. As imagens do enredo usaram e abusaram do belíssimo pôr do sol e imagens inigualáveis da fauna e flora da região brasileira com maior planície alagada do mundo — considerada pela UNESCO como Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera —, que está situada entre os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A viagem vale muito a pena e pode se tornar uma aventura inesquecível devida ao contato direto com a exuberante natureza da região, porém, com a grande visitação, é importante também pensar na preservação.

Por isso, ao reservar um hotel, é possível sim escolher entre aqueles que são amigos da natureza e se preocupam com a preservação. Em Poconé, no Mato Grosso, há um bom exemplo de hospedagem que alia turismo com preservação, que é a Pousada Piuval, que fica dentro da Fazenda Ipiranga, e neste ano fortaleceu sua parceria com a Jaguar Identification Project, na preservação e pesquisa relacionadas as onças pintadas. “Sempre nos interessamos por preservação e já contávamos com o a instituição preservacionista no trabalho de catalogar os animais desde 2017, mas decidimos nos aprofundar nestas ações e agora contamos com um membro da instituição em nossas instalações, pois aqui é um dos poucos lugares do Pantanal Norte onde as onças podem ser avistadas com facilidade” explica Eduardo Eubank, diretor da pousada.

Segundo ele, o trabalho do projeto é muito importante para a ciência, pois estuda o comportamento da onça e, por consequência, a sua cadeia alimentar, contribui para o meio ambiente e a preservação, e ainda colabora para o trabalho de turismo. “Isso permite que o turista, que vem ao Pantanal nas férias, tenha a possibilidade de ver a onça pintada. Pessoas do mundo todo visitam a região com esse propósito, o que é muito bom para a economia local e empregabilidade da população da região”, detalha.

Como forma de contribuir com os estudos e ações desenvolvidas pelo projeto, a Pousada Piuval, atualmente dá toda assistência necessária aos estudos e hospeda em suas dependências um pesquisador. Segundo Paul Raad, que é veterinário, o trabalho de turismo na região pode ser benéfico a natureza, pois os visitantes também podem ajudar a proteger, quando desenvolvem um ingresso sustentável a região, valorizando a fauna e a flora, pois, se tornam vigias preservacionistas, auxiliando na redução de focos de incêndio e na matança de animais.

O Jaguar identification Project, já atua no norte do Pantanal desde 2013. Segundo Abigail Martin, bióloga Americana que fundou o projeto, já foram catalogadas cerca de 295 onças na região e na pousada há 12 onças sendo monitoradas. “Os guias e turistas da região também contribuem financeiramente, com doações de equipamentos e também com os registros de fotos e imagens, que conseguem gravar em seus passeios. Estamos desenvolvendo um guia completo das onças, onde foram vistas, se tem filhos, se é fêmea ou macho, acasalamentos e diversos outros comportamentos. O nosso trabalho não é invasivo, pois fazemos apenas observações, bem sistêmico, sem coleiras, dardos, anestesia ou amostras físicas. Os hoteleiros e todos que trabalham com turismo estão mais engajados no trabalho de preservação, mas ainda temos muito para fazer”, explica.

Próximo à Transpantaneira e totalmente dentro do Pantanal, a Pousada Piuval venceu o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade em 2017/2018, nas categorias Meio de Hospedagem e Top Sustentabilidade. Com localização privilegiada o local permite aos turistas, ao saírem dos seus quartos, uma impressionante visão da imensa planície pantaneira. “Na pousada todo o sistema é voltado para a preservação do meio ambiente, com reconhecimento sustentável pela norma 15401 da ABNT, em parceria com o MTur. É possível sim fazer turismo de qualidade sem degradar o meio ambiente. Afinal, toda essa beleza pantaneira merece ser preservada!”, finaliza Eubank.

Artigos relacionados
DestaquesMEIO AMBIENTE

Alagoas Ambiental - Quem somos

Alagoas Ambiental – Uma empresa genuinamente alagoana, com expertise no recebimento, tratamento e destinação final de resíduos. As Centrais de…
MEIO AMBIENTE

FPI emite Nota de Esclarecimento sobre denuncia de possível crime ambiental cometido pela Vale Verde

NOTA DE ESCLARECIMENTO “A assessoria de comunicação da FPI do Rio São Francisco confirma a apuração de uma denúncia de…
MEIO AMBIENTE

FPI encontra descarte irregular de resíduos químicos na Mineradora Vale Verde

Uma operação da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) do Rio São Francisco encontrou o descarte irregular de resíduos químicos no ambiente…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :