Cotidiano

Mirando 10 mil alunos em 2023, Pilar avança com rematrículas na rede municipal até o dia 16

Pilar avança a passos largos na oferta de educação pública e de qualidade. Para garantir que ninguém fique fora da escola no próximo ano letivo, a Prefeitura de Pilar, por meio da Secretaria de Educação e Cultura, iniciou a campanha de rematrículas da rede municipal de ensino. O prazo de rematrícula vai até 16 de dezembro, bastando ao pai, mãe ou responsável dirigir-se até a unidade na qual a criança está matriculada. A partir de 19 de dezembro, abrem as matrículas para novos alunos.

Para 2023, o Município traçou uma meta audaciosa: quer alcançar os 10 mil alunos matriculados, levando todas as crianças em idade escolar à sala de aula. Este ano, a cidade atingiu o total de 8.859 estudantes matriculados na rede municipal de ensino, em 23 escolas que atendem alunos de creche, pré-escola, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

Nesse sentido, as equipes da Educação preparam uma verdadeira força-tarefa – a busca ativa terá início em 19 de dezembro e segue até 31 de janeiro, mesmo período das matrículas, quando a Prefeitura espera bater a marca e, portanto, ampliar a perspectiva de futuro dos pilarenses.

E condições não faltam para isso. Este ano, todos os alunos receberam material escolar completo, além de novo fardamento, inclusive, para a prática de atividade física no Complexo Esportivo Professor Edson Maia, o maior de Alagoas. Pilar também foi o primeiro município brasileiro a aderir ao Google for Education, tornando-se uma referência para a multinacional no país.

Tamanha preocupação permitiu que Pilar saltasse 49 posições no ranking do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) para os Anos Iniciais em 2021, ano em que a Prefeitura inaugurou a primeira escola pública municipal bilíngue do Norte e Nordeste.

Até delegacia foi transformada em escola para acolher quem acredita num futuro melhor por meio dos estudos, como explica o professor de língua portuguesa da Escola de Educação Básica Embaixador Renato de Mendonça – que ganhou um anexo na antiga delegacia distrital da cidade, desativada em 2019, quando o Governo de Alagoas inaugurou um Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp).

“Sinto-me muito feliz e realizado porque temos uma estrutura adequada tanto para os alunos, quanto para nós professores. A gestão do prefeito Renato Filho alicerçou a educação municipal. E esta escola se tornou a extensão da minha casa. Afinal, nunca fui tão acolhido como hoje, técnica e fisicamente”, disse Fernando Alves.

Artigos relacionados
Cotidiano

Educação: Prefeitura da Barra de Santo Antônio realiza mais uma edição da Jornada Pedagógica

Antes de iniciar um novo ano letivo, a Secretaria de Educação da Prefeitura da Barra de Santo Antônio promove a…
Cotidiano

Lei de autoria de Fátima Canuto vai conceder título de cidadã honorária à ilustre pesquisadora da UFAL

A lei de autoria da deputada estadual Fátima Canuto, que concede o título de cidadã honorária de Alagoas à doutora…
Cotidiano

Prefeitura de Penedo constrói praça no povoado quilombola Tabuleiro dos Negros

A Prefeitura de Penedo está próxima de entregar um amplo espaço de lazer e convívio para a comunidade remanescente quilombola…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :