Destaques

Minidocumentário apresenta o impacto positivo do afroturismo no Brasil

No Mês da Consciência Negra, a Embratur lança, dentro da websérie “Turismo Transforma”, uma edição especial de três episódio em que apresenta o impacto positivo do afroturismo nas localidades em que este segmento tem se estruturado e recebe turistas estrangeiros. Nesta segunda-feira (6) a Agência publicou no Youtube o primeiro capítulo, que tem como pano de fundo a Festa da Nossa Senhora da Boa Morte, uma das mais tradicionais celebrações religiosas afro-brasileiras, realizada anualmente em Cachoeira, município do Recôncavo Baiano.

O minidocumentário, com cerca de 7 minutos, apresenta o festejo, sua história e importância cultural e religiosa para o povo negro brasileiro. A produção também detalha como o afroturismo, nesta região, contribui para a valorização dessas manifestações e movimenta a economia local, desde pequenos produtores rurais e artesãos a restaurantes, hospedagem e guias de turismo. 

Os demais capítulos serão divulgados ao longo do mês e abordarão os diferentes aspectos da cultura brasileira de matriz africana que podem ser acessadas pelo afroturismo, como a moda, a música, a dança e a culinária. Se no primeiro episódio, uma dos destaques está na participação de Dona Dalva do Samba e do escritor e compositor Clarindo Silva, nos demais episódios participam personalidades como o cantor e mestre de capoeira Tonho Matéria, o estilista Alberto Pitta e os membros da banda ÀTTØØXXÁ. 

O presidente da Embratur, Marcelo Freixo, destaca que o afroturismo é um segmento prioritário na estratégia de diversificação dos produtos turísticos brasileiros no exterior. “Ao convidar para vir nos visitar os turistas interessados em conhecer a cultura, a história e a potência inovadora do povo negro brasileiro, estamos estimulando o resgate de nossa história, dando protagonismo à raiz africana da nossa cultura e de nossa identidade, e principalmente fortalecendo o afroempreendedorismo, gerando emprego e renda em diferentes regiões do país”, destacou Freixo.

Para o guia de turismo da cidade de Cachoeira, Davi Rodrigues, o afroturismo muda a vida tanto de quem visita os destinos, como de quem recebe os visitantes. “Além de abrir horizontes a quem visita os destinos, o afroturismo preserva as características ancestrais. As famílias vão criar meios de fazer iguarias, artesanato e, justamente, possibilitar essa cadeia tão importante que é a economia do turismo para ser desenvolvido em um plano coletivo envolvendo, não só a sede, mas todas as cidades ao entorno, as comunidades rurais e as quilombolas”, reforçou.

Turismo Transforma
A série tem a finalidade de mostrar a capacidade que o turismo tem de gerar impactos positivos em diferentes contextos em todo o país, induzindo pela economia a valorização da diversidade cultural, o resgate da história, a preservação de patrimônios históricos e culturais, e a geração de emprego e renda em atividades que geram sustentabilidade ambiental, social e econômica. A série mostra que todos ganham com o turismo, inclusive o poder público, que arrecada mais com a entrada de divisas através do consumo dos turistas.

Artigos relacionados
Destaques

Alagoas participa de roadshow pela América do Sul

O Destino Alagoas participa a partir desta semana do primeiro Roadshow Visit Brasil de 2024 promovido pela Embratur em cinco…
Destaques

Comunidades indígenas no Amazonas oferecem experiência turística única

As experiências imersas na cultura, costumes e história dos povos originários com experiências únicas caracterizam o etnoturismo, crescente segmento do…
Destaques

Ipanema é considerada a segunda melhor praia do mundo

em solo brasileiro que está localizada a segunda melhor praia do mundo. A Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro,…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :