ALAGOASDestaques

Circuito Penedo de Cinema 2023 lança programação completa

Entre os dias 13 e 19 de novembro deste ano, o Circuito Penedo de Cinema retorna ao centro histórico da cidade ribeirinha com a maior programação já vista. Ao longo de sete dias, mais de 100 curtas e 14 longas-metragens serão exibidos para todos os públicos, além da realização das tradicionais rodas de conversa, oficinas, apresentações artísticas e feira de empreendedores culturais da região. Em sua 13ª edição, o evento reafirma-se como um espaço de estímulo a perspectivas diversas sobre o vasto patrimônio audiovisual alagoano e nacional, sempre em diálogo com a educação.

Um dos destaques da programação de 2023 é a reabertura do Cine Penedo, a primeira sala de exibição fundada na cidade, que funcionou entre as décadas de 1950 e 1980. Enquanto o país segue assistindo com pesar ao fechamento de inúmeras salas de cinema, o Cine Penedo reabre definitivamente suas portas no maior evento cinematográfico de Alagoas, com o objetivo de contribuir para a democratização do acesso à sétima arte na região ribeirinha. Além disso, no local, que é gerido pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), também será inaugurada, em breve, uma Escola de Artes e Tecnologias Criativas.

A 13ª edição do Circuito — que também conta com artistas convidados, como Camila Morgado, Antonio Pitanga, Buda Lira, Danny Barbosa, Daniela Fontan, Ângelo Fernandes, Cauã Martins e Francisco Gaspar — ainda terá mais uma sala de exibição ao longo dos sete dias de programação: o Centro de Convenções Zeca Peixoto, antigo Cine São Francisco. É nas duas salas onde acontecerão as projeções dos 13 longas-metragens nacionais convidados (maior número da história do evento): “Retratos Fantasmas” (Kleber Mendonça Filho), “O Sequestro do Voo 375” (Marcus Baldini), “Lobby do Batom” (Gabriela Gasta), “O Rio do Desejo” (Sérgio Machado), “Entrelinhas” (Guto Pasko), “Mais Pesado É o Céu” (Petrus Cariry), “Pequenos Guerreiros” (Bárbara Cariry), “Perdida” (Katherine Chediak Putnam), “Tia Virgínia” (Fabio Meira), “Angela” (Hugo Prata), “Desapega” (Hsu Chien), “Mussum” (Silvio Guindane) e “O Impeachment” (Pedro da Rocha).

No antigo Cine São Francisco, ainda acontecem as exibições das mostras competitivas de curtas e a solenidade de premiação dos filmes mais votados. Este ano, foram 841 curtas-metragens inscritos nos três festivais: o 16º Festival do Cinema Brasileiro, evento histórico que acontece em Penedo desde a década de 1970; o 13º Festival de Cinema Universitário de Alagoas, janela de divulgação de obras produzidas nas instituições de ensino de cinema de todo o país; e o 10º Festival Velho Chico de Cinema Ambiental, espaço de debate sobre preservação ambiental. Entre os 61 filmes selecionados, o público pode assistir e votar no seu preferido por meio do site oficial do evento.

Além das mostras competitivas, o circuito contra com três mostras não competitivas: a 12ª Mostra de Cinema Infantil, com produções voltadas para o público infanto-juvenil, a Mostra de Cinema Livre, que acontece em praça pública, com filmes para todas as idades, e a Mostra Internacional Socioambiental, que se constitui como um espaço para o cinema latino-americano contemporâneo e conta com a curadoria de Caroline Pavez. Além disso, o circuito ainda promove a noite da Quarta Macabra, que, este ano, exibe, a partir da meia-noite, o curta “Bergamota”, de Hsu Chien, e o longa “Morto Não Fala”, de Dennison Ramalho.

A programação, porém, não se encerra com as exibições dos filmes, pois o 13º Encontro de Cinema Alagoano promove uma série de atividades. Além dos seis dias de debate com os realizadores dos filmes selecionados e convidados, serão realizadas três oficinas. A primeira, no Theatro Sete de Setembro, com César Ferrario, Titina Medeiros e participação de Camila Morgado, aborda a formação de atores; a segunda acontece no Centro de Cultura e Extensão Universitária (CCEU), com Andreia Paiva, que vai discutir técnicas de stop motion; e a terceira, de pré-produção cinematográfica, com Francisco Gaspar, será voltada exclusivamente para a comunidade quilombola Tabuleiro dos Negros. As inscrições podem ser feitas no site oficial do evento.

Fechando a grade de programação do Circuito Penedo de Cinema 2023, a Praça 12 de Abril, localizada às margens do Rio São Francisco, também recebe atividades durante a semana. Em todos os dias de evento, a feira de empreendedores culturais está aberta ao público a partir das 16h. Já no fim de semana, dias 18 e 19 de novembro, também na praça, o palco musical anima o centro histórico de Penedo com os artistas alagoanos Vitor Pirralho, Marcos Bruno, Banda Artehfato e Raiz Positiva. Assim, o Circuito Penedo de Cinema 2023 reafirma-se como uma vitrine não somente para o cinema, mas também para a diversidade e qualidade de toda a cena artística e cultural do estado de Alagoas. Para acesso à programação na íntegra e mais informações sobre o evento, acesso o site www.circuitopenedodecinema.com.br.

A Secretária de Estado da Cultura e Economia Criativa, Mellina Freitas, enfatizou a importância do Circuito Penedo de Cinema como um evento que não apenas celebra a arte cinematográfica, mas também impulsiona a cultura local e oferece uma plataforma para cineastas, artistas e entusiastas do cinema. “O apoio do Governo de Alagoas ao festival é fundamental. Neste momento em que Penedo é reconhecida mundialmente pela Unesco como cidade criativa do Cinema, isso eleva a importância e o prestígio do festival, destacando a riqueza cultural e o potencial criativo desta cidade. Além de fomentar a expressão artística, o circuito promove o turismo, a economia local e fortalecem a identidade cultural da região”, disse.

“O reconhecimento de Penedo pela Unesco apenas reforça a necessidade de apoio contínuo para garantir que esta cidade continue a florescer como um centro criativo e cinematográfico. Estamos comprometidos em promover e apoiar iniciativas culturais como o Circuito Penedo de Cinema, reconhecendo seu papel crucial na promoção da arte cinematográfica e no estímulo à criatividade na região”, reforçou a gestora.

Por: Agência Alagoas

Artigos relacionados
ALAGOAS

Turismo alagoano tem registro de crescimento em 75% nos créditos do Banco do Nordeste

O Banco do Nordeste (BNB) concedeu R$ 200 milhões em linhas de crédito ao longo de 2023 para empresas do…
Destaques

Foz do Iguaçu recebe prêmio como 5º destino mais buscado da América do Sul

Foz do Iguaçu recebeu nesta terça-feira (27) em Bogotá, na Colômbia, o troféu de 5º destino turístico mais procurado da…
ALAGOAS

Turismo alagoano tem registro de crescimento em 75% nos créditos do Banco do Nordeste

O Banco do Nordeste (BNB) concedeu R$ 200 milhões em linhas de crédito ao longo de 2023 para empresas do…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :