Notícias

Intercâmbio entre ANAC e Azul viabiliza inovações operacionais no Brasil

Em uma iniciativa inovadora no setor aéreo, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), e Azul e a Associação Latino-Americana e do Caribe de Transporte Aéreo (ALTA) assinaram aditivo ao Acordo de Cooperação Técnica que tem como objetivo de regulamentar procedimento especial de navegação em condições meteorológicas de baixa visibilidade. A parceria proporciona a servidores pilotos da ANAC a chance de realizar voos nas aeronaves da Azul, após receber treinamentos teóricos em solo e em simuladores.

Pelo acordo, ANAC e operadores aéreos podem realizar intercâmbio técnico de diferentes formas, viabilizando, por exemplo, a implementação de operações como a RNP AR DP, uma inovação no setor aéreo que ainda não dispõe de regulamentação específica entre autoridades de aviação de referência internacional.

No intercâmbio para troca de conhecimentos, optou-se por seguir um formato que viabilize nivelamento técnico praticamente completo entre o pessoal da ANAC e os tripulantes da Azul. Para isso, servidores pilotos da Agência se submeteram ao mesmo treinamento e à mesma qualificação exigida dos pilotos da empresa aérea. Com a assinatura do aditivo ao Acordo de Cooperação Técnica, os pilotos da ANAC passam a compor tripulação em alguns voos da Azul por um ano, a fim de manter a proficiência adquirida.

Essa modalidade de intercâmbio é inédita na ANAC e está alinhada com recomendações da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Trata-se de uma evolução regulatória que possibilitará manter os elevados índices de segurança da aviação brasileira.

Para o diretor da ANAC Luiz Ricardo Nascimento, a parceria entre a agência reguladora e a Azul, conforme estruturada, é uma iniciativa louvável e cujo potencial de desenvolvimento de habilidades técnicas e regulatórias pode aumentar o patamar de excelência da aviação civil no Brasil, colocando o país na vanguarda da inovação no setor aéreo no mundo. “Estamos muito animados com esse intercâmbio em razão da ampliação do conhecimento e do ganho de eficiência técnica para a nossa aviação”, afirmou o diretor.

De acordo com Guilherme Holtmann, gerente Geral de Flight Standards e Treinamentos da Azul, o acordo de colaboração sem precedentes no país marca a busca contínua pela excelência e pela segurança na aviação. “Esta imersão visa elevar o nível de conhecimento, proporcionando uma compreensão prática das operações aéreas e uma compreensão mais profunda dos desafios e benefícios da legislação vigente”, observou.

Operações RNP AR DP

A operação RNP AR DP é uma inovação no setor aéreo e autoridades de referência internacional ainda não dispõem de regulamentação própria. O intercâmbio de conhecimentos promovido pelo Acordo de Cooperação Técnica proporcionou o desenvolvimento das operações RNP AR DP no Brasil, sendo a primeira autorização emitida em 27 de outubro para o aeroporto Santos Dumont.

Artigos relacionados
Notícias

Brasil e Arábia Saudita fecham novas parcerias no turismo

O Brasil e a Arábia Saudita estão estreitando as parcerias no campo do Turismo. Durante a 2ª Conferência Internacional sobre…
Notícias

Rio Grande do Norte e Alagoas se destacam como destino internacional, segundo empresa espanhola.

Mesmo não sendo Hub de companhias aéreas internacional os dois estados ficaram na frente da Bahia, Fortaleza e Pernambuco. A…
Notícias

Processo de seleção vai escolher “Melhores Vilas Turísticas”

Estão abertas as inscrições do concurso “Melhores Vilas Turísticas” (Best Tourism Villages). A iniciativa da ONU Turismo reconhece as principais…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :