DESTINOS

Centenário letreiro de Hollywood vira um dos principais pontos turísticos dos EUA

Para os visitantes do topo do Monte Lee, chegar tão perto do letreiro de Hollywood não é menos uma peregrinação americana do que visitar a Estátua da Liberdade.

O ponto turístico completa 100 anos no dia 8 de dezembro, data escolhida porque foi quando o letreiro foi aceso pela primeira vez, em 1923, ano em que foi construído. Mas o fato de as cartas terem atingido essa idade, ou estatura, nunca teria sido imaginado quando foram erguidas pela primeira vez como anúncio de um empreendimento imobiliário.

A ideia era temporariamente dar mais atenção às casas que estavam sendo construídas em uma área chamada Hollywoodland, que é o que as letras originais de 45 pés indicavam. Cem anos depois, não só as primeiras nove letras ainda estão de pé, abreviadas para Hollywood em 1949, como constituem talvez o sinal mais reconhecível do planeta.

Jeff Zarrinnam, presidente do Hollywood Sign Trust, chamou a placa de símbolo não apenas de Los Angeles e da Califórnia, mas, ecoando as irmãs Ellis, da América. Em uma cidade com tanto para ver, a placa é o local mais fotografado de Los Angeles. “O letreiro de Hollywood é amado e representa muitas esperanças e sonhos para as pessoas ao redor do mundo”, disse Zarrinnam. “É a nossa Estátua da Liberdade”.

A placa está localizada bem no limite do extenso Griffith Park, em Los Angeles, e há várias caminhadas que levarão os visitantes ao ponto atrás da placa, onde eles podem se reunir para ver e tirar fotos. Várias empresas em sites como Viator e GetYourGuide oferecem visitas guiadas e caminhadas.

Juntei-me a Zarrinnam, um hoteleiro que preside o fundo como um trabalho de amor, numa manhã de terça-feira de setembro. Vários turistas de todo o mundo já se dirigiram à estrada que dá para o verso das letras, o mais próximo que se pode chegar da placa sem pular ilegalmente uma cerca, algo que já foi feito em filmes. (Muitas vezes desempenhando um papel coadjuvante, o sinal também foi destruído por alienígenas, engolido por um terremoto e destruído por um tornado.)

Em 1978, a placa estava em mau estado e não tinha fonte de financiamento para reconstruí-la. Celebridades como Hugh Hefner vieram em socorro, organizando festas para arrecadar fundos e leiloando as cartas originais. Foi reconstruída com 194 toneladas de concreto, esmalte e aço.

O atual trust foi criado em 1992 com a única missão de cuidar da sinalização e do entorno.

Zarrinnam disse que a organização sem fins lucrativos não usa um centavo do dinheiro dos contribuintes e é apoiada por doações e financiamento da Câmara de Comércio de Hollywood.

Apesar do seu significado, celebrar o centenário do sinal tem sido complicado. Zarrinnam disse que está sendo marcado por pessoas contando histórias sobre a placa e divulgando o marco. Embora haja esperança de que a celebração inclua a iluminação do sinal – algo que acontece apenas raramente, como durante a inauguração da reconstrução de 1978, as Olimpíadas de 1984 e para marcar o início do milênio em 2000 – em meados de novembro foi um tema de debate, com reação dos moradores do bairro vizinho de Hollywoodland.

Grande parte de sua celebração foi conduzida pelo Conselho de Turismo e Convenções de Los Angeles, que promove o centenário o ano todo.

Adam Burke, CEO da LA Tourism, chamou a placa de “a maior estrela de LA” e estava presente no final de outubro, quando a Câmara Municipal declarou 31 de outubro o Dia do Letreiro de Hollywood. “O letreiro de Hollywood é um verdadeiro ícone global, incorporando o espírito de possibilidades infinitas pelas quais Los Angeles é conhecida”, disse Burke. “Ele oferece boas-vindas no tapete vermelho para visitantes de todo o mundo”, finalizou.

Artigos relacionados
DESTINOS

Conheça os destinos mais procurados em cada estado brasileiro

Os destinos nacionais mais procurados em cada estado na hora de viajar foram revelados por pesquisa do site de busca…
DESTINOS

Decolar aponta Maceió como um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil

A Decolar apontou Maceió como um dos destinos mais procurados do Brasil no primeiro semestre de 2024. Em São Paulo,…
DESTINOS

Operadores turísticos retornam a Israel

A Mejdi Tours está retomando as viagens a Israel nesta primavera, prometendo abordar a guerra Israel-Hamas a partir das perspectivas…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :