NEGÓCIOS

Movimentação no setor aéreo do país cresce em outubro e registra 7,8 milhões de passageiros

Cerca de 7,8 milhões de passageiros voaram pelo Brasil em outubro. Foi o que trouxe o novo Relatório de Demanda e Oferta da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O número é 7,7% maior do que o registrado no mesmo mês do ano passado, quando quase 7,2 milhões passaram pelos aeroportos do país. O resultado do último mês se aproximou da movimentação doméstica em outubro de 2019, antes da pandemia de Covid-19.

Para o ministro do Turismo, Celso Sabino, o número reflete a crescente demanda pelo setor aéreo no país. “É muito animador observar que o interesse e a participação no turismo interno continuam a aumentar neste ano. Estamos trabalhando para que esse quantitativo continue crescendo e nos proporcionando bons ventos para o nosso setor, priorizando sempre a geração de emprego e renda”, disse Sabino.

O relatório da ANAC também trouxe informações sobre os terminais de maior movimentação: Guarulhos (SP), Congonhas (SP) e Brasília (DF). Os três responderam por mais de 35% de todo o fluxo verificado no período. Logo após aparecem os terminais de Campinas (SP) e Confins (MG); Santos Dumont (RJ) e Recife (PE), completam a lista dos mais movimentados no mês de outubro.

Já entre os voos de maior fluxo de passageiros, a ponte aérea São Paulo-Rio de Janeiro segue líder em número de pessoas transportadas, seguida das ligações entre São Paulo-Brasília e Salvador-Porto Alegre.

Lançado recentemente pelo Ministério do Turismo e o Ministério de Portos e Aeroportos, em parceria com a ABEAR e empresas aéreas, o programa tem o objetivo de impulsionar o setor de viagens no país por meio de ações e medidas que serão desenvolvidas pelos envolvidos.

A iniciativa une esforços do governo federal e da iniciativa privada para que mais brasileiros voem e conheçam o Brasil, com a adoção de benefícios como o Stopover. A modalidade, já oferecida pela Gol e a Latam em Brasília (DF) e São Paulo (SP), permite que, com apenas uma passagem aérea, clientes conheçam uma localidade intermediária antes de seguir viagem ao destino final.

Artigos relacionados
NEGÓCIOS

Venda de passagens de ônibus tiveram aumento de 20% no carnaval

O transporte rodoviário tem se mostrado uma opção cada vez mais presente para quem quer aproveitar os atrativos turísticos brasileiros….
NEGÓCIOS

Cooperação Brasil-China na aviação civil leva à formalização de acordo em Pequim

Diretores da ANAC e representantes da Embaixada do Brasil na China, reuniram-se em Pequim com o administrador da Autoridade de…
NEGÓCIOS

Turismo paraense fecha 2023 com arrecadação de R$ 750 mi

O Pará está na boca do povo, seja nas letras de música ou como destino turístico! O fato é que…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :