DESTINOS

Setur-BA lança primeiro roteiro integrado do turismo de observação de aves do Brasil

A Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA) lançou, neste sábado (18), o primeiro roteiro integrado de observação de aves do Brasil, com centenas de espécies catalogadas em mais de 50 municípios baianos de 12 zonas turísticas, sendo oito endêmicas. O ato aconteceu na 17ª edição do Avistar, o maior encontro do segmento da América Latina, aberto na sexta-feira (17), na Cidade Universitária USP, em São Paulo, para três dias de programação. A iniciativa inédita atraiu operadores e agentes de viagens, biólogos, ornitólogos, indígenas e estudantes.

O roteiro teve trabalho de campo da Setur-BA, com a orientação de especialistas e capacitação profissional, que mapeou a potencialidade da Bahia nessa atividade com relevância mundial. O órgão escolheu como símbolo do segmento a arara-azul-de-lear, espécie ameaçada de extinção, que pode ser vista nas zonas turísticas Caminhos do Sertão e Lagos e Cânions do São Francisco.

“Iniciamos o trabalho no ano passado e percorremos as regiões que abrigam o maior número de espécies, com a contribuição de pesquisadores. Tivemos também a capacitação do trade turístico sobre atendimento aos observadores de aves. Esse roteiro qualifica o destino Bahia, em um segmento que atrai visitantes estrangeiros, além de ajudar na preservação das espécies”, relatou a superintendente de Promoção e Serviços Turísticos da Setur-BA, Fabíola Paes Leme.

“Esse roteiro integrado é uma novidade fantástica, que traz mais uma perspectiva dentro do turismo da Bahia, um estado tão encantador”, elogiou Guto Carvalho, um dos organizadores do Avistar.

“A Bahia é um dos estados mais ricos em ambientes naturais conservados. A Embratur, que ajuda na promoção dos destinos baianos pelo mundo, entende como estratégico consolidar o Brasil e a Bahia com esse diferencial de competitividade, que promove experiências autênticas, respeitando as comunidades e a biodiversidade”, ressaltou o coordenador de Natureza e Segmentos Especiais da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Leo Persi.

Biólogo, guia de turismo e proprietário de uma agência de viagens especializada em observação de aves, o cearense Ciro Albano destacou o interesse dos turistas estrangeiros pelas espécies que a Bahia abriga. “Em minha empresa, a região Nordeste é a mais procurada, sendo a Bahia o nosso carro-chefe. O estado tem aves endêmicas exclusivas, como a arara-azul-de-lear, no Sertão; e o gravatinha, na Chapada Diamantina. Por isso, para os turistas internacionais, é obrigatório passar pela Bahia. Já temos pacotes vendidos até 2026”.

Artigos relacionados
DESTINOS

SP dá início à revitalização do Centro Histórico de Santos

A Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de SP (Setur-SP) inaugurou dois trechos da revitalização da rua Tuyuti, na…
DESTINOS

Maceió e Porto de Galinhas, destinos preferidos para férias no Nordeste, segundo Operadoras de Viagens - BRAZTOA

O inverno chegou, mas os brasileiros seguem buscando sol e calor para aproveitar as férias de julho. E dos destinos…
DESTINOS

Baixo Tapajós, no Pará, contará com Grupo de Trabalho para desenvolvimento turístico da região

O Ministério do Turismo coordenará um Grupo de Trabalho Interinstitucional para orientar o desenvolvimento turístico sustentável do Baixo Tapajós, no…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :