DESTINOS

Novo itinerário turístico mineiro reúne oito cidades e oferece diversas atrações

O Brasil tem mais um roteiro organizado para aqueles que querem desfrutar de boa culinária, conhecer museus e casas de artesanato, vivenciar a história brasileira e colecionar memórias ao lado de um povo generoso e hospitaleiro. Minas Gerais organizou um novo itinerário que precisa entrar na lista de qualquer viajante: a Rota das Artes.

O percurso contempla experiências espalhadas por oito cidades mineiras: Belo Horizonte, São Joaquim de Bicas, Igarapé, Brumadinho, Congonhas, Ouro Branco, Ouro Preto e Mariana. Todas elas já famosas por outros três roteiros disponíveis: o Circuito do Ouro, o Destino Veredas e o Circuito Liberdade.

Lançada pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, a Rota das Artes tem 16 atrações sugeridas. Elas começam pela capital do estado, Belo Horizonte, mais precisamente no belíssimo Palácio da Liberdade, sede histórica do governo mineiro, construído em 1895.

No novo roteiro, os turistas têm acesso à arte barroca, modernista e contemporânea, em atrações que proporcionam o envolvimento do visitante. É possível até mesmo confeccionar, com a ajuda de artesãos, uma peça única e exclusiva.

Na parte que também integra o Circuito do Ouro, o viajante se sente dentro de um livro de história do Brasil. O Santuário do Bom Jesus do Matosinhos, por exemplo, é destino obrigatório para a contemplação de obras em pedra sabão escupidas por Aleijadinho, carregadas de relevância cultural, religiosa, histórica e artística.

Alguns pontos da Rota das Artes também permitem ao turista vivências ecológicas, como um passeio pelo Instituto Inhotim, na cidade de Brumadinho, o maior museu a céu aberto da América Latina. E, claro, estar em Minas Gerais é garantia de boa comida. O novo circuito traz ainda a indicação de restaurantes que vão além da mesa e contam a trajetória da culinária mineira.

O novo itinerário turístico de Minas Gerais não é uma boa notícia apenas para os visitantes. Com o roteiro, o Governo do Estado espera impulsionar o desenvolvimento local, gerando emprego e renda no setor. Assim, estabelecimentos como hotéis, pousadas, restaurantes e empreendedores a exemplo de taxistas e artesãos, entre outros tantos trabalhadores, devem ver crescer a chegada de turistas a estas cidades.

Confira o roteiro completo da Rota das Artes:

– Circuito Liberdade

Em Belo Horizonte:
• Palácio da Liberdade
• Museu das Minas e do Metal.

– Circuito Veredas

Em Brumadinho:
• Inhotim
• Arte, cerâmica e brunch no Ateliê Nanart
• Arte em cerâmica na Pousada Estalagem do Mirante
• Brunch na Vila Lavanda
• Coração em Branco
• Alquimia dos Quintais

Em São Joaquim de Bicas:
• Estações com o chef
• Da Cozinha ao Quintal da Mestra

Em Igarapé:
• Arte em Madeira.

– Circuito do Ouro

Em Congonhas:
• Santuário do Bom Jesus de Matosinhos
• Museu de Congonhas.

Em Ouro Branco:
• Cerâmica Saramenha.

Em Ouro Preto:
• Restaurante Sebastião

Em Mariana:
• Ateliê Edney do Carmo

Artigos relacionados
DESTINOS

SP dá início à revitalização do Centro Histórico de Santos

A Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de SP (Setur-SP) inaugurou dois trechos da revitalização da rua Tuyuti, na…
DESTINOS

Maceió e Porto de Galinhas, destinos preferidos para férias no Nordeste, segundo Operadoras de Viagens - BRAZTOA

O inverno chegou, mas os brasileiros seguem buscando sol e calor para aproveitar as férias de julho. E dos destinos…
DESTINOS

Baixo Tapajós, no Pará, contará com Grupo de Trabalho para desenvolvimento turístico da região

O Ministério do Turismo coordenará um Grupo de Trabalho Interinstitucional para orientar o desenvolvimento turístico sustentável do Baixo Tapajós, no…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :