ALAGOAS

Crédito do Trabalhador: um ano de conquistas para os microempresários do turismo alagoano

Uma das principais atividades econômicas do estado, sinônimo de transformação social através da geração de emprego e renda, o turismo de Alagoas tem se destacado em todos os segmentos econômicos. Com a criação de programas voltados para o setor, o destino se fortalece e impulsiona microempreendedores alagoanos. O Programa Crédito do Trabalhador, lançado pelo Governo de Alagoas em 2023, tem impulsionado inúmeros empreendimentos por meio das linhas de créditos disponíveis.

Uma das promessas do Governo de Alagoas, o Crédito do Trabalhador oferta linhas de créditos exclusivas para os microempreendedores individuais do turismo. O programa disponibiliza empréstimos de R$ 5 mil à R$ 21 mil para MEIs e de R$ 10 mil à R$ 400 mil para ME, que são viabilizados através dos recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), sendo operacionalizados pela Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve). Com juros abaixo do mercado, carência extensa e melhores condições de parcelamento e pagamento, é uma excelente oportunidade para a estruturação dos empreendimentos.

Comemorando um ano do programa, a secretária de Estado do Turismo de Alagoas, Bárbara Braga, destaca que possibilitar benefícios para os empreendimentos alagoanos fortalece os pequenos empresários, dando a oportunidade de crescimento de seu negócio, acompanhando a expansão do setor turístico no estado, que durante o último ano se consolidou nacional e internacionalmente e segue em expansão.

“Alagoas tem o turismo como a sua segunda principal atividade econômica. O setor vem se destacando tanto na alta quanto na baixa temporada. Isso significa que temos turistas em nosso estado o ano inteiro, impactando diretamente toda a cadeia turística, desde os restaurantes e bares, hotéis e pousadas, empreendimentos já consolidados e as novas empresas que estão se desenvolvendo e tem potencial para se consolidar no trade turístico”, afirmou.

Segundo ela, o Crédito do Trabalhador conversa diretamente com esses microempreendedores, para que possam se estruturar e receber melhor os visitantes, oferecendo mais qualidade e comodidade nos serviços. “O Governo do Estado é parceiro dos microempresários, que são geradores de emprego e renda para dezenas de famílias alagoanas”, concluiu a secretária de Estado.

Com mais de 40 tipos de CNAE (Cadastro Nacional de Atividades Econômicas) ligadas às atividade turística como Microempreendedor Individual (MEI), os benefícios ofertados pelo programa disponibilizam a amortização de 21 meses e mais três de carência, totalizando 24 meses, com isenção de IOF para esse público. As microempresas (ME) possuem o benefício de até 60 meses no prazo de pagamento, e carência de até seis meses. Para ter acesso às linhas de crédito, é necessário possuir o certificado de operador de turismo do Cadastur, emitido pelo Ministério do Turismo (Mtur), e que a certificação esteja dentro do prazo de validade.

Uma das beneficiadas pelo programa Crédito do Trabalhador, Maria Gesilda Barros Cavalcante, proprietária da Pousada Areias de Pajuçara, buscou a linha de crédito com o intuito de ampliar o seu empreendimento, adequando às necessidades e realizando melhorias nos ambientes. “As condições de pagamento, com um período de seis meses de carência e com juros muito abaixo do mercado, foram o que me levou a buscar o benefício. O crédito do Governo é um estímulo para o pequeno empresário”, elogia Maria Gesilda.

A empresária destacou ainda a geração de emprego e renda promovida pelo seu negócio. “Hoje possuo 10 colaboradores, que trabalham diretamente comigo e que, através da pousada, sustentam suas casas e suas famílias. É importante que o Governo do Estado tenha esse olhar e políticas públicas que possam ajudar os pequenos empreendedores”, afirmou a microempresária.

O Programa

O Crédito do Turismo disponibiliza três linhas de crédito destinadas ao setor turístico de Alagoas. A primeira é destinada aos microempresários individuais (MEIs), com empréstimos de R$ 5 mil a R$ 21 mil. A segunda linha é disponibilizada para capital de giro e aquisições para ME, EPP e LTDA, com empréstimos de R$ 10 mil a R$ 300 mil. A terceira linha de crédito disponibiliza até R$ 400 mil, destinados à instalação de energia solar para ME, EPP e LTDA.

Por meio do site setur.al.gov.br/credito-turismo é possível entrar em contato com os agentes responsáveis por cada linha de crédito, obtendo informações e sanando dúvidas. O programa possui atendimento presencial em Maceió, na sede da Agência Desenvolve, localizada no bairro da Ponta Verde. No município de Arapiraca, a agência possui um posto de atendimento na Casa do Empreendedor. Nas cidades de Delmiro Gouveia, Olho D’Água das Flores, União dos Palmares, Coqueiro Seco, Junqueiro, Cajueiro, Coruripe, Dois Riachos, Jequiá da Praia, Maravilha e Penedo, o atendimento presencial ocorre nas Salas do Empreendedor de cada município.

Artigos relacionados
ALAGOAS

Com aumento de 70%, Alagoas lidera ranking de vendas da CVC no 1º semestre de 2024

O crescimento do turismo em Alagoas tem sido contínuo. Prova disso é que o nosso estado lidera o ranking de…
ALAGOAS

Paulo Dantas solicita liberação de R$ 4, 5 milhões para ampliação do Centro de Convenções de Maceió

O governador Paulo Dantas esteve reunido com o ministro do Turismo, Celso Sabino, na quarta-feira (18), em Brasília, para tratar…
ALAGOAS

Projeto Cine Misa retorna e proporciona imersão na história do audiovisual alagoano

O Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa), equipamento gerenciado pela Secretaria de Estado da Cultura e Economia…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :