ALAGOAS

Setur promove turismo de eventos com a Liga Mundial de Surfe, em Marechal Deodoro

Promovendo o turismo de eventos e fomentando a prática esportiva no estado, a Secretaria de Estado do Turismo de Alagoas (Setur) recebeu o 3º Circuito Banco do Brasil de Surfe, evento organizado pela Liga Mundial de Surfe (WSL). A competição retornou ao estado após 26 anos, com cerca de 110 atletas de quatro países participando do Circuito. O evento teve início na última quarta-feira (22) e seguiu até domingo (26), na Praia do Francês, em Marechal Deodoro.

No primeiro dia de competição ocorreu a triagem com surfistas alagoanos, oito atletas na categoria masculina e seis atletas na categoria feminina. Divididos em duas baterias, disputaram vaga para participar do circuito pela primeira vez. Os atletas alagoanos Amando Tenorio e Vidda Cavalcanti não precisaram disputar a triagem, pois já estavam classificados para a competição, e estiveram nas etapas com status QS 3000. No campeonato, estiveram surfistas que já representaram o Brasil no World Surf League Championship Tour (CT) e que estão disputando vagas para a elite Challenger Series este ano, além de atletas olímpicos que irão disputar as olimpíadas de Paris no Taiti.

De acordo com a secretária de Estado de Turismo de Alagoas, Bárbara Braga, sediar o campeonato de surfe no litoral alagoano fomenta o turismo de evento no estado e demonstra a capacidade que Alagoas possui para acontecimentos desse porte, além de impulsionar o fluxo turístico nas cidades.

“A realização de eventos esportivos movimentam toda a cadeia turística da cidade, desde bares e restaurantes, pousadas e hotéis, até o microempreendedor que tem o seu negócio naquela região e que ganha com todo esse movimento de atletas e público durante os cinco dias de campeonato. Eventos como esse impulsionam o fluxo turístico, aquecendo a economia, gerando emprego e renda para diversas famílias alagoanas. Além de incentivar a prática esportiva e fomentar os nossos atletas com campeonatos que acontecem no seu próprio estado”, concluiu a secretária de Estado.

Considerada um dos principais picos de surfe da região Nordeste, conhecida pelos tubos e pelas forças de suas ondas, a Praia do Francês irá receber grandes nomes do surfe brasileiro e sul-americano, movimentando o litoral Sul do estado. Surfistas da Argentina, Peru, Equador e Brasil somarão pontos que definirão o campeão e a campeã sul-americanos da WSL e classificam sete homens e três mulheres para o Challenger Series, circuito que dá acesso à elite da WSL.

Ações paralelas

Durante os cinco dias de campeonato, também aconteceram nas areias da Praia do Francês diversas atividades gratuitas para o público de todas as idades. Aulas de yoga, aulas de surfe, ginástica, dança, distribuição de brindes e diversas outras atividades estiveram disponíveis, bem como um espaço kids. O escritório WSL Latin America também incentivou ações ambientais e de preservação da natureza na Arena do evento.

Por: Agência Alagoas

Artigos relacionados
ALAGOAS

Com aumento de 70%, Alagoas lidera ranking de vendas da CVC no 1º semestre de 2024

O crescimento do turismo em Alagoas tem sido contínuo. Prova disso é que o nosso estado lidera o ranking de…
ALAGOAS

Paulo Dantas solicita liberação de R$ 4, 5 milhões para ampliação do Centro de Convenções de Maceió

O governador Paulo Dantas esteve reunido com o ministro do Turismo, Celso Sabino, na quarta-feira (18), em Brasília, para tratar…
ALAGOAS

Projeto Cine Misa retorna e proporciona imersão na história do audiovisual alagoano

O Museu da Imagem e do Som de Alagoas (Misa), equipamento gerenciado pela Secretaria de Estado da Cultura e Economia…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :