CIA AÉREAS

LATAM completa 150 aeronaves em sua frota brasileira

A LATAM acaba de receber a 150ª aeronave de sua frota brasileira. Esta é a décima quarta aeronave A321 da frota Brasil e sétima aeronave entregue em 2024 no País, reforçando o seu compromisso de ampliar o acesso à aviação. Em 2023, 15 dos 17 novos aviões recebidos direto de fábrica pelo grupo LATAM foram direcionados para a sua operação brasileira, que em 2024 deve crescer de 8% a 10%. 

“Mais aviões significam mais assentos. Nossa expectativa para adicionar novas aeronaves à frota este ano era grande, pois, assim, permitiremos que mais pessoas tenham acesso ao transporte aéreo neste País. A frota da LATAM hoje é a mais nova e mais moderna do Brasil, contando com as mais avançadas tecnologias em segurança, eficiência e conforto”, afirma Jerome Cadier, CEO da LATAM Brasil.

A nova aeronave é um Airbus A321neo (capacidade para 224 passageiros), que possui 20% mais eficiência no uso de combustível que os modelos anteriores, emite 20% menos de CO2 e produz 50% menos ruído. É equipado com itens da nova cabine Airspace da Airbus, com área de boas-vindas mais moderna, iluminação adaptável, uma cabine mais silenciosa desenvolvida até hoje, novos compartimentos superiores de bagagem de mão que oferecem um espaço 60% maior, banheiros mais acessíveis para pessoas com deficiência, recursos touchless e superfícies antimicrobianas. No decorrer do ano, a companhia espera receber mais seis aeronaves do modelo A320neo para integrar sua frota no Brasil.

Os 15 novos aviões recebidos pela LATAM Brasil ao longo de 2023 correspondem aos seus 7 primeiros Airbus A321neo e a 8 novos A320neo. Neste ano, a LATAM recebeu mais 7 A321neo no Brasil. Agora, a frota da empresa no Brasil soma 150 aeronaves com idade média de 10,5 anos, e a LATAM é a companhia aérea com a maior quantidade de A321neo em operação no País.

Mais eficiente e competitiva, a LATAM opera atualmente a maior malha aérea da sua história no Brasil, com voos para mais de 50 aeroportos em território nacional. Na prática, lidera a aviação brasileira desde 2021 (em RPK), segundo a ANAC. O índice calculado pela ANAC considera a quantidade de passageiros por quilômetro transportados pela empresa sobre o volume de passageiros por quilômetro transportados por todas as companhias aéreas que operam no País.

Somente em 2023, quando transportou 33 milhões de passageiros domésticos no Brasil, a LATAM viu crescer em 8% a sua operação em todo o território nacional, na comparação com 2022. O avanço tem uma razão: no último ano, 15 dos 17 novos aviões recebidos direto de fábrica pelo grupo LATAM foram direcionados para a sua operação brasileira.

Em 2024, a LATAM prevê a chegada de mais aviões e um novo crescimento de 8% a 10% na sua operação doméstica no Brasil, na comparação com 2023. Na prática, serão adicionados no País mais de 3 milhões de assentos da companhia no ano.

Artigos relacionados
CIA AÉREAS

Avianca retornará a voar entre Chicago e Bogotá, Colômbia

A Avianca, com sede na Colômbia, retomará o serviço entre Chicago O’Hare e Bogotá em 27 de outubro, após um…
CIA AÉREAS

LATAM Brasil amplia em 5,7% sua oferta de assentos em junho em relação a 2023

O grupo LATAM ampliou em 15,9% sua oferta de assentos medida em ASK¹ para o mês de junho, impulsionado por…
CIA AÉREAS

Delta se une à nova transportadora saudita Riyadh Air

A Delta firmou um acordo para se tornar a parceira norte-americana exclusiva da nova transportadora saudita Riyadh Air. Segundo documento assinado…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :