Geral

PREFEITOS APOIAM PROGRAMA DO LEITE

Foto Ilustrativa

PREFEITOS APOIAM PROGRAMA DO LEITE

Os prefeitos abraçaram a causa dos produtores de leite de Alagoas, que cobram o pagamento dos atrasados devido à burocracia criada pelo governo federal para a liberação das parcelas que estão em atraso há 3 meses. O presidente da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Aldemar Monteiro, esteve ontem pela manhã acompanhado também do presidente da Cooperativa Pindorama, Klécio Santos, na sede da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), para conversar com o presidente da entidade, o prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley. Na reunião dos representantes dos produtores de leite, foi relatado o momento dramático para milhares de pessoas envolvidas na cadeia produtiva e também para as famílias carentes que são beneficiadas com o Programa do Leite em Alagoas. Essa atividade ajuda a aquecer a economia em vários municípios em uma das regiões mais carentes do Estado, o Semiárido, castigado sempre pela seca e que não tem outra atividade econômica. Outro problema é a assistência à deficiência alimentar de milhares e, principalmente, a redução da mortalidade infantil. Os produtores não têm mais como continuar fornecendo leite sem receber o pagamento do governo federal, que tem criado dificuldades de ordem burocrática para protelar os pagamentos. O presidente da AMA, Hugo Wanderley, disse aos representantes dos produtores que vai buscar a ajuda da bancada federal, principalmente daqueles que têm mais facilidade de acesso ao governo federal, para que seja realizado o pagamento dos meses em atraso.

PAGAMENTO

O governo do Estado está pagando uma quinzena da contrapartida do Programa do Leite que está prevista na parceira. Segundo o presidente da CPLA, Aldemar Monteiro, essa atitude do governo já ajuda a aliviar a situação, mas não resolve o problema. Os produtores de leite cobram um posicionamento mais forte da bancada federal.

MARAGOGI

O prefeito de Maragogi, Sérgio Lira (PP), baixou decreto administrativo com base na Constituição Federal objetivando redução de custos com o pagamento da folha de servidores. Gestor experiente e organizado, Lira determinou o corte de 25% dos custos com pessoal, realizando suspensão de gratificações, pagamento do terço de férias e percentuais entre 10 e 15% de contratados e comissionados.

MARAGOGI 2

O prefeito disse que o pagamento das férias está garantido integralmente para o dia 20 e que os cortes têm validade por três meses, com data retroativa a 4 de setembro até 4 de outubro, quando será realizada uma avaliação da situação financeira. Sérgio Lira garantiu que as perdas serão repostas em janeiro ou fevereiro de 2018. Alguns contratados e comissionados entregaram o cargo.

CANAPI

Em Canapi, mais de 80 famílias da zona rural foram são contempladas com ações do Programa 2ª Água. Desta feita, as famílias dos sítios Areias, Barro Branco, Queimada Redonda e Impoeira receberam telhas e madeira para a conclusão dos serviços de construção dos apriscos para a criação de pequenos animais. A ação é uma parceria com o Condrin (Conselho para o Desenvolvimento da Região do Ipanema).

CANAPI 2

São 250 pequenos agricultores de 80 famílias beneficiados com a criação de caprinos e ovinos, contribuindo com a alimentação da população da região do Semiárido e que agora caiu também no gosto dos brasileiros dos grandes centros urbanos, que descobriram na carne dos animais de médio porte alimentos com baixo teor de produção de colesterol. O incentivo à criação desses animais tem sido uma ação do prefeito Vinicius Lima.

CANAPI 3

Em breve, com o restante do material de construção disponibilizado graças ao investimento de recursos próprios por parte do governo municipal, os moradores dos sítios estarão dispondo de espaços específicos para abrigar seus novos criatórios. Os apriscos servirão também para garantir a captação de água para abastecer as cisternas, garantindo água de boa qualidade para os beneficiários.

JEQUIÁ DA PRAIA

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Jequiá da Praia comemora um ano sem mortalidade infantil. A conquista faz parte de um plano de ação especial integral às gestantes e às crianças de 0 a 1 ano de idade que correm algum tipo de risco de morte, sendo auxiliados na elaboração de estratégias de políticas de saúde.

JEQUIÁ DA PRAIA 2

“A luta é para diminuir o indicador, mas, graças ao nosso comprometimento e à equipe comprometida com os dados positivos, conseguimos zerar os números de óbitos. Reflete o nosso trabalho no atendimento das gestantes, acompanhamento das crianças, garantindo vacina, pediatra, exames, entre outros serviços”, declarou a prefeita Jeannyne Beltrão. O incentivo à amamentação e o planejamento familiar são ações que têm surtido efeito junto às mulheres.

POR MOZART LUNA

Artigos relacionados
CotidianoGeral

Câmara aprova requerimento de Thiago ML que pede reabertura da feira de gado em Arapiraca

Durante a primeira sessão da Câmara Municipal de Arapiraca, após o recesso parlamentar, o presidente Thiago ML apresentou requerimento solicitando…
Geral

Selo Turismo Responsável ajuda a posicionar destinos brasileiros como seguros

adoção de medidas de biossegurança nos empreendimentos e destinos turísticos se tornaram imprescindíveis diante da pandemia de Covid-19. Disponibilização de…
DestaquesGeral

Convocação: Encontro de secretários de turismo em Brasília

Os secretário de turismo do Brasil estão sendo convocados pela Associação Nacional de Secretários e Dirigentes de Turismo (Anseditur) para…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Enter Captcha Here :