Destaques

Judiciário de Alagoas realiza mutirão do júri em duas faculdades da Capital

Estudantes do curso de Direito do Cesmac acompanharam os julgamentos na manhã desta segunda-feira (13). Foto: Caio Loureiro

O Poder Judiciário de Alagoas promove, nesta segunda-feira (13), mutirão de julgamentos no Centro Universitário Cesmac e na Faculdade Seune, em Maceió. Treze processos envolvendo crimes dolosos contra a vida devem ser julgados nas duas instituições, como parte das ações do Mês Nacional do Júri.

A força-tarefa se repetirá nos dias 21 e 27 de novembro, quando mais 30 júris populares deverão ser realizados nas faculdades. “Queremos mostrar que aquelas pessoas que percorrem o caminho do crime, cedo ou tarde, serão submetidas a julgamento conduzido pela própria sociedade”, afirmou o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Otávio Praxedes, que esteve no Cesmac pela manhã e acompanhou o andamento dos trabalhos.

Os processos submetidos a julgamento tramitam na 7ª, 8ª e 9ª Varas Criminais de Maceió. De acordo com o coordenador da força-tarefa, juiz André Gêda, o mutirão vai otimizar e dar mais celeridade aos casos. “Isso é importante para a sociedade, que recebe uma resposta da Justiça, e para os estudantes de Direito, que veem o lado prático da profissão”, destacou.

Juízes designados

Para o mutirão desta segunda-feira, no Cesmac e na Seune, 15 magistrados foram designados pela Corregedoria-Geral da Justiça de Alagoas. Participam os juízes André Gêda, José Eduardo Nobre Carlos, André Luís Parizio, Diogo de Mendonça Furtado, Bruno Acioli Araújo, Caroline Sampaio Valões, Carlos Aley Santos de Melo, Sóstenes Alex, Fausto Magno, John Silas, Kleber Borba, Filipe Munguba, Edivaldo Landeosi, Amine Mafra e Marcella Pontes. As designações constam na portaria nº 946, publicada no Diário da Justiça Eletrônico do último dia 6.

Mês do Júri

A ação é promovida anualmente pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e visa, sobretudo, a resolução de processos mais antigos, para que sejam cumpridas as metas da Estratégia Nacional de Segurança Pública (Enasp). Em Alagoas, foram pautados 133 processos.

Presidente Otávio Praxedes acompanhou o andamento do mutirão, na manhã desta segunda (13), no Cesmac. Foto: Caio Loureiro.

Diego Silveira – Dicom TJ/AL
imprensa@tjal.jus.br – (82) 4009-3141/3240

Artigos relacionados
Destaques

Data celebra sanfoneiros de todo o país

stá chegando uma das épocas mais aguardadas do ano. Após uma pausa de dois anos, os festejos juninos estão voltando…
Destaques

Brasil quer fortalecer turismo com Argentina

Fortalecer ainda mais os vínculos e as parcerias com a Argentina, principal emissor de turistas estrangeiros para o Brasil, foi…
Destaques

Nordeste lidera destinos mais vendidos no período de janeiro a março

A região Nordeste foi o destino nacional mais vendido pelas empresas que fazem parte da Associação Brasileira de Operadoras de…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.




Enter Captcha Here :